macOS High Sierra

Alterar o nome de ficheiros, pastas e discos

É possível alterar o nome da maioria dos ficheiros, pastas e discos, incluindo do disco rígido interno (denominado Macintosh HD por predefinição). Se alterar o nome do disco rígido, este continuará a ser apresentado com o nome original numa rede.

Alterar o nome de um elemento

  1. Selecione o elemento numa janela do Finder ou na secretária e prima Return. Em alternativa, clique com pressão no nome do elemento.

  2. Digite um nome novo.

    Também pode usar números e a maior parte dos símbolos. Não pode incluir dois pontos (:) nem iniciar o nome com um ponto (.). Algumas aplicações podem não permitir o uso de barras (/) nos nomes de ficheiro.

  3. Prima a tecla Return.

Alterar o nome de vários elementos

  1. Selecione os elementos numa janela do Finder ou na secretária e, em seguida, faça Controlo + clique num deles.

  2. No menu de atalho, selecione “Alterar o nome dos elementos”.

  3. No menu pop-up, por baixo de “Alterar o nome de elementos do Finder”, selecione se pretende substituir o texto nos nomes, adicionar texto aos nomes ou alterar o formato do nome.

    • Substituir texto: digite o texto que pretende remover no campo Procurar e, depois, digite o texto que pretende adicionar no campo “Substituir por”.

    • Adicionar texto: digite o texto que pretende adicionar no campo e, depois, selecione se pretende adicionar o texto antes ou depois do nome atual.

    • Formato: selecione um formato de nome para os ficheiros e, depois, selecione se pretende colocar o índice, o contador ou a data antes ou depois do nome. Digite um nome no campo “Formato personalizado” e, depois, digite o número no qual pretende começar.

  4. Clique em “Alterar nome”.

Existem alguns elementos cujo nome não deve alterar:

  • pastas de aplicações e quaisquer elementos que vieram com o sistema, como, por exemplo, a pasta Biblioteca. (Se alterar o nome de um elemento e ocorrer um problema, reponha o nome original. Se o problema persistir, poderá ter de reinstalar o software.);

  • extensões de nomes de ficheiros: o ponto seguido de algumas letras ou palavras que aparecem no final de alguns nomes de ficheiros (por exemplo, .jpg). Se alterar uma extensão, poderá deixar de conseguir abrir o ficheiro com a aplicação que foi usada para o criar;

  • a sua pasta pessoal — aquela com o seu nome.