Programa de centros de assistência autorizados Apple

O programa de centros de assistência autorizados Apple (AASP) foi criado para empresas interessadas em prestar serviços de reparação dentro e fora da garantia para qualquer produto Apple. As empresas qualificadas podem obter acesso a peças genuínas, ferramentas, formação, manuais Service Guide, diagnósticos e recursos da Apple para realizar estas reparações.

Quem se pode candidatar?

Os Revendedores autorizados Apple e as empresas especializadas na prestação de serviços de assistência em regiões onde a Apple tem um serviço de assistência direta podem candidatar-se para se tornarem um Centro de assistência autorizado Apple.

As empresas que revendem peças ou produtos acabados da Apple não são elegíveis para este programa.

Quais são os requisitos?

Requisitos para empresas

As empresas candidatas ao estatuto de Centro de assistência autorizado devem ter um período de tempo razoável de atividade, com registos financeiros fiscalizados disponíveis para análise pela Apple. É necessária uma linha de crédito que tem de ser acordada com a Equipa financeira da Apple da região apropriada. A empresa deve promover ativamente a marca Apple como parte do seu negócio, além dos produtos de suporte e assistência AppleCare.

Requisitos operacionais

Os Centros de assistência autorizados têm de cumprir sempre os padrões da Apple no que respeita aos níveis de assistência, à certificação dos técnicos e à disponibilização de assistência aos clientes. Os Centros de assistência autorizados têm de concluir um mínimo de 200 reparações por trimestre. A Apple efetua a auditoria e a avaliação periódicas dos Centros de assistência autorizados, de forma a garantir que estes padrões são sistematicamente cumpridos. As ferramentas de reparação, formação, manuais Service Guide e diagnósticos da Apple têm de permanecer confidenciais.

Instalações

A empresa tem de manter um local de assistência comercial presencial com pessoal de assistência especializado numa localização de fácil acesso. As instalações têm de incluir uma área de receção limpa e apresentável para os clientes que vão entregar presencialmente os seus produtos para assistência e um local de trabalho seguro para reparações, armazenamento de peças e receção de unidades para reparação. Não são aceitáveis moradas residenciais como local de assistência autorizado.

Certificação dos técnicos

Os Centros de assistência autorizados têm de recorrer a Técnicos certificados pela Apple para efetuarem reparações a produtos Apple. Para garantir a conclusão de um mínimo de 200 reparações por trimestre, um Centro de assistência autorizado deve empregar, pelo menos, um Técnico certificado pela Apple.

Obter a certificação para reparar produtos Apple requer a aprovação em exames através de um Centro de testes autorizado online. As certificações são atualizadas numa base anual por produto. As empresas que tenham sido aprovadas como Centros de assistência autorizados estão isentas do pagamento de taxas de exames de certificação.

É possível encontrar informações detalhadas sobre os cursos de preparação e exames para Certificações Apple aqui.

Para se candidatar

Envie um e-mail para aasp_application_euro@apple.com com todas as informações indicadas abaixo:

  • Denominação comercial legal (incluindo designação, se aplicável) sob a qual a empresa realiza as suas operações
  • Diretor/proprietário
  • Morada do estabelecimento (nota: a Apple não aceita escritórios em casa ou apartados)
  • Número de telefone do estabelecimento
  • O endereço de e-mail da empresa
  • Site da empresa
  • Experiência anterior ou historial com a Apple na qualidade de centro de assistência ou revendedor

Notas

  • A Apple não irá aceitar candidaturas que não cumpram os requisitos do programa.
  • A Apple não irá aceitar candidatos que utilizem termos da marca comercial Apple como parte de quaisquer nomes de empresas ou páginas Web, a não ser que esta utilização cumpra os Termos da marca comercial Apple.

Saiba mais sobre todos os programas de assistência e reparação oferecidos pela Apple aqui.