Roaming sem fios do macOS para clientes empresariais

Saiba como o macOS suporta o roaming entre pontos de acesso dentro de uma rede sem fios.

Para os administradores de sistemas, o roaming do macOS ajuda o Mac a manter-se ligado à medida que se desloca entre diferentes locais dentro da rede de um escritório.


Origem do limite

A origem do limite é o nível de sinal mínimo que um cliente requer para manter a ligação atual.  

Os clientes do macOS monitorizam e mantêm a ligação atual do BSSID até que o RSSI passe o limite de -75 dBm. Depois de o RSSI passar esse limite, o macOS procura os BSSID de candidatos ao roaming para o ESSID atual.

Considere este limite tendo em conta a sobreposição do sinal entre as células sem fios. O macOS mantém uma ligação até ao limite de -75 dBm, mas as células de 5 GHz são concebidas com uma sobreposição de -67 dBm.  Esses clientes permanecem ligados ao BSSID atual por mais tempo do que seria de esperar.

Considere também como a sobreposição das células é medida. As antenas nos computadores variam de modelo para modelo e veem diferentes limites de células do que seria de esperar. É sempre melhor utilizar o dispositivo de destino quando se mede a sobreposição de células.


Critérios de seleção de candidatos de banda, rede e de roaming

O macOS tem sempre como predefinição a banda de 5 GHz em vez da banda de 2,4 GHz.  Isto acontece desde que o RSSI para uma rede de 5 GHz seja de, pelo menos, -68 dBm e a carga na rede não seja excessiva.

O macOS considera as informações partilhadas pelas redes sobre a utilização do canal e a quantidade de clientes associados. O macOS utiliza estes detalhes juntamente com as medições de força do sinal (RSSI) para classificar as redes candidatas. As redes com classificação mais elevada oferecem uma melhor experiência de Wi-Fi.

Se vários SSID de 5 GHz receberem a mesma classificação, o macOS escolhe uma rede com base nestes critérios:

  • 802.11ax é escolhido em vez de 802.11ac.
  • 802.11ac é escolhido em vez de 802.11n ou 802.11a.
  • 802.11n é escolhido em vez de 802.11a.
  • A largura do canal de 80 MHz é escolhida em vez de 40 MHz ou 20 MHz.
  • A largura do canal de 40 MHz é escolhida em vez de 20 MHz.

O macOS Monterey suporta a norma 802.11k nos computadores Mac com processador Apple.

As versões anteriores do macOS não suportam a norma 802.11k, mas operam em conjunto com SSID que tenham a norma 802.11k ativa.

O macOS seleciona um BSSID de destino cujo RSSI comunicado é de 12 dB ou superior ao RSSI do BSSID atual. Tal verifica-se mesmo que o cliente macOS esteja inativo ou a transmitir/receber dados.


Desempenho do roaming

O desempenho do roaming descreve quanto tempo um cliente precisa para autenticar com êxito um novo BSSID.

Encontrar uma rede e um PA válidos é apenas uma parte do processo.  O cliente tem de concluir o processo de roaming rapidamente e sem interrupções ,para que o utilizador não tenha de passar por um período de inatividade. O roaming envolve a autenticação do cliente no novo BSSID e a desautenticação do BSSID atual. O método de segurança e de autenticação determina a rapidez com que isto pode acontecer. 

Primeiro, a autenticação baseada em 802.1X requer que o cliente conclua a substituição da chave EAP.  Em seguida, pode desautenticar-se do BSSID atual. Dependendo da infraestrutura de autenticação do ambiente, este processo pode demorar vários segundos. O que se pode traduzir numa interrupção do serviço para os utilizadores finais na forma de "dead air" (sem transmissão).

O macOS suporta o caching PMKID (Pairwise Master Key identifier) estático para ajudar a otimizar o roaming entre os BSSID no mesmo ESSID. O macOS não suporta Fast BSS Transition, também conhecido como 802.11r. Não é necessário implementar SSID adicionais para suportar o macOS, uma vez que o macOS opera em conjunto com 802.11r.

O macOS Monterey suporta as normas 802.11r e 802.11v nos computadores Mac com processador Apple.

O macOS suporta o caching PMKID (Pairwise Master Key identifier) estático para ajudar a otimizar o roaming entre os BSSID no mesmo ESSID. As versões anteriores do macOS não suportam a Fast BSS Transition, também conhecida como 802.11r. As versões anteriores do macOS operam em conjunto com a norma 802.11r para que não seja necessário implementar SSID adicionais.


Medir o RSSI do cliente

O macOS oferece algumas ferramentas integradas que efetuam a procura para medir o RSSI.

Para saber o RSSI da rede associada, mantenha premida a tecla Opção enquanto clica no menu Wi-Fi .

menu de opções da barra de menus Wi-Fi do macOS

Para saber o RSSI de redes no ambiente do cliente, utilize o Diagnóstico de redes sem fios. Para abrir o Diagnóstico de redes sem fios, prima Opção+clique no menu Wi-Fi  e, em seguida, selecione Abrir diagnóstico de redes sem fios. Na barra de menus, escolha Janela > Pesquisa para procurar todas as redes sem fios próximas e medir os respetivos RSSI.

Janela de resultados da pesquisa do Diagnóstico de redes sem fios

Data de publicação: