Acerca das cópias de segurança cifradas no iPhone, iPad ou iPod touch

Para proteger as cópias de segurança do iPhone, iPad ou iPod touch no computador, pode utilizar a proteção por palavra-passe e a cifragem. 

Quando cifrar a cópia de segurança para o iPhone, iPad ou iPod touch

A funcionalidade Cifrar cópia de segurança no Finder ou no iTunes bloqueia e codifica as suas informações. As cópias de segurança cifradas podem incluir informações que não são guardadas nas cópias de segurança não cifradas:

  • Palavras-passe guardadas
  • Definições de Wi-Fi
  • Histórico de sites
  • Dados de saúde

As cópias de segurança cifradas não incluem o Face ID, o Touch ID ou o código do dispositivo.

A cópia de segurança não é cifrada por predefinição. Para cifrar uma cópia de segurança no Finder ou no iTunes pela primeira vez, ative a opção Cifrar cópia de segurança protegida por palavra-passe. A partir de agora, as cópias de segurança do dispositivo serão cifradas automaticamente. Também pode efetuar uma cópia de segurança no iCloud, que cifra sempre automaticamente as suas informações.

Cifrar as cópias de segurança

  1. Num Mac com o macOS Catalina 10.15, abra o Finder. Num Mac com o macOS Mojave 10.14 ou anterior, ou num PC, abra o iTunes.
  2. Ligue o dispositivo ao computador através do cabo USB incluído. Em seguida, localize o dispositivo no computador.
  3. No separador Geral ou Sumário, selecione a opção "Cifrar cópia de segurança local" na secção Cópias de segurança. 
  4. Quando lhe for solicitado, crie uma palavra-passe que seja fácil de memorizar ou anote e guarde-a num local seguro, porque não existe forma de utilizar as cópias de segurança sem esta palavra‑passe. Caso se tenha esquecido da palavra-passe, saiba o que pode fazer.

Depois de confirmar a palavra-passe, a cópia de segurança será criada e irá substituir e cifrar as cópias de segurança anteriores. Quando o processo estiver concluído, certifique-se de que a cópia de segurança cifrada foi criada com sucesso:

  1. Num Mac com o macOS Catalina 10.15, abra o Finder, clique no separador Geral e, em seguida, clique em Gerir cópias de segurança. Deverá ver uma lista das suas cópias de segurança. Num Mac com o macOS Mojave 10.14 ou anterior, ou num PC com o iTunes, na barra de menus na parte superior da janela do iTunes, selecione iTunes > Preferências e, em seguida, clique no separador Dispositivos.
  2. Deverá ver um cadeado ícone de cadeado junto ao nome do dispositivo, bem como a data e a hora em que a cópia de segurança foi criada.
  3. Clique em OK para fechar a janela da cópia de segurança.

Verificar se as cópias de segurança estão cifradas

Se o Finder ou o iTunes estiver configurado para cifrar as suas cópias de segurança, a opção Cifrar cópia de segurança apresenta um visto no separador Geral ou no separador Sumário quando ligar o dispositivo ao Finder ou ao iTunes.

Também pode ver se uma cópia de segurança específica está cifrada:

  1. Num Mac com o macOS Catalina 10.15, abra o Finder, clique no separador Geral e, em seguida, clique em Gerir cópias de segurança. Deverá ver uma lista das suas cópias de segurança. Num Mac com o macOS Mojave 10.14 ou anterior, ou num PC com o iTunes, na barra de menus na parte superior da janela do iTunes, selecione iTunes > Preferências e, em seguida, clique no separador Dispositivos.
  2. Procure um cadeado ícone de cadeado junto à cópia de segurança. Se vir um cadeado ícone de cadeado, a cópia de segurança está cifrada.
  3. Clique em OK para fechar a janela da cópia de segurança.

Se não se conseguir lembrar da palavra-passe da cópia de segurança cifrada

Não é possível restaurar uma cópia de segurança cifrada sem a palavra‑passe. Com o iOS 11 ou posterior ou o iPadOS, pode criar uma nova cópia de segurança cifrada do dispositivo ao repor a palavra-passe. Saiba o que fazer:

  1. No dispositivo, aceda a Definições > Geral > Repor.
  2. Toque em Repor todas as definições e introduza o código do dispositivo.
  3. Siga os passos para repor as definições. Esta ação não afetará os dados de utilizador ou as palavras-passe, mas irá repor definições como o brilho do ecrã, a disposição do ecrã principal e o papel de parede. Também irá remover a palavra-passe da cópia de segurança cifrada.
  4. Ligue novamente o dispositivo ao Finder ou ao iTunes e crie uma nova cópia de segurança cifrada ao seguir os passos apresentados acima.

Não poderá utilizar cópias de segurança cifradas anteriores, mas pode utilizar o Finder ou o iTunes para criar uma cópia de segurança dos seus dados atuais e definir uma nova palavra-passe para a cópia de segurança.

Se tiver um dispositivo com o iOS 10 ou anterior, não poderá repor a palavra‑passe. Neste caso, experimente o seguinte:

  • Se tiver sido outra pessoa a configurar o dispositivo, peça-lhe a palavra-passe.
  • Utilize uma cópia de segurança do iCloud. Se não tiver uma cópia de segurança do iCloud, pode criar uma.
  • Experimente utilizar uma cópia de segurança antiga do iTunes.

Desativar a cifragem de cópias de segurança

Para desativar a cifragem de cópias de segurança, desmarque a opção Cifrar cópia de segurança no Finder ou no iTunes e introduza a palavra-passe. Se não se conseguir lembrar da palavra-passe, tem duas opções:

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Contacte o fornecedor para obter mais informações.

Data de publicação: