Roaming na rede Wi‑Fi com 802.11k, 802.11r e 802.11v no iOS

Saiba como o iOS e o iPadOS melhoram o roaming de cliente através da utilização de normas de rede Wi-Fi.

O iOS suporta a otimização de roaming de cliente em redes Wi-Fi empresariais. As normas k, r e v do Grupo de trabalho 802.11 permitem aos clientes alternar facilmente entre pontos de acesso dentro da mesma rede.

802.11k

A norma 802.11k ajuda os dispositivos a procurarem rapidamente pontos de acesso próximos que estejam disponíveis como destinos de roaming ao criar uma lista de canais otimizada. Quando a força do sinal do ponto de acesso atual enfraquecer, o dispositivo irá procurar pontos de acesso de destino a partir desta lista.

802.11r

Quando o dispositivo muda de ponto de acesso dentro da mesma rede, a norma 802.11r utiliza uma funcionalidade chamada Fast Basic Service Set Transition (FT) para obter uma autenticação mais rápida. A FT funciona tanto com uma chave pré-partilhada (PSK) como com métodos de autenticação 802.1X.

O iOS 10 e posterior e o iPadOS incluem suporte para a norma adaptável 802.11r em redes sem fios Cisco. A norma 802.11r adaptável disponibiliza a FT sem ser necessário ativar a 802.11r na rede sem fios Cisco configurada. De modo a suportar a norma 802.11r adaptável, a rede Cisco deve estar a usar a versão 8.3 ou posterior do código de controlador.

802.11v

O iOS e o iPadOS suportam as seguintes funcionalidades da norma 802.11v em determinados dispositivos:

  • Gestão de transição Basic Service Set (BSS)
  • Disassociation Imminent
  • Directed Multicast Service (DMS)
  • BSS Max Idle Service

A gestão de transição BSS com Disassociation Imminent permite que a camada de controlo da rede influencie o comportamento do roaming de cliente, disponibilizando-lhe as informações de carregamento dos pontos de acesso nas proximidades. O dispositivo tem em conta estas informações no momento de escolher entre os destinos de roaming possíveis.

O DMS otimiza a transmissão de tráfego multicast em redes sem fios. O dispositivo utiliza estas informações para melhorar a comunicação multicast e preservar a duração da bateria do dispositivo.

O BSS Max Idle Service ajuda os clientes e os pontos de acesso a decidirem com eficácia quanto tempo devem permanecer associados quando não há transmissão de tráfego. O dispositivo utiliza estas informações para preservar a duração da bateria do dispositivo.

Ao combinar a capacidade de acelerar a procura do melhor ponto de acesso de destino das normas 802.11k e 802.11v com a associação de pontos de acesso mais rápida da FT, as apps podem funcionar mais rapidamente e, assim, obtém uma melhor experiência de Wi-Fi no iOS e no iPadOS.


Verificar a compatibilidade

A maioria dos fornecedores de hardware para redes Wi-Fi suportam as normas 802.11k, 802.11v e 802.11r (FT). Tem de ativar e configurar estas funcionalidades no router Wi-Fi antes de a rede as poder utilizar. A configuração varia, por isso consulte o manual do router Wi-Fi para obter mais informações.

As listas abaixo indicam quais os dispositivos iOS que suportam as normas 802.11k, 802.11r e 802.11v. Para utilizar as normas 802.11k e 802.11r, necessita do iOS 6 ou posterior. Para utilizar a norma 802.11v, necessita do iOS 7 ou posterior. Para utilizar a norma 802.11r adaptável, necessita do iOS 10 ou posterior.

802.11k e r

  • iPhone 4s e posterior
  • iPad Pro e posterior
  • iPad Air e posterior
  • iPad mini e posterior
  • iPad (3.ª geração) e posterior
  • iPod touch (5.ª geração) e posterior

802.11r adaptável

  • iPhone 6s e posterior
  • iPad Pro e posterior
  • iPad Air (3.ª geração) e posterior
  • iPad (5.ª geração) e posterior
  • iPod touch (7.ª geração)

802.11v

  • iPhone 5c, iPhone 5s e posterior
  • iPad Pro e posterior
  • iPad Air e posterior
  • iPad mini 2 e posterior
  • iPad (5.ª geração) e posterior
  • iPod touch (6.ª geração) e posterior

Interoperabilidade com 802.11w

Os quadros de gestão protegida (PMF) da norma 802.11w operam em conjunto com o suporte do iOS e do iPadOS para as normas 802.11k, 802.11r e 802.11v.

Pairwise master key identifier caching

O iOS 5.1 e posterior e o iPadOS também suportam o caching PMKID (Pairwise master key identifier). Pode utilizar o caching PMKID com determinados equipamentos da Cisco para melhorar o roaming entre pontos de acesso. O SKC (Sticky key caching) é um tipo de caching PMKID. O SKC não é equivalente nem compatível com OKC (Opportunistic key caching).

Saiba mais

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Contacte o fornecedor para obter mais informações.

Data de publicação: