macOS High Sierra

Acerca dos ecrãs de braille atualizáveis

Se ligar uma linha braille compatível ao Mac, o VoiceOver deteta-a e envia-lhe informações acerca do que está a ser mostrado no ecrã. É possível ligar vários ecrãs de braille ao Mac; cada ecrã reflete o mesmo conteúdo simultaneamente, útil num ambiente de sala de aula. É possível personalizar as definições do ecrã na categoria Braille do Utilitário VoiceOver e definir níveis de verbosidade na categoria Verbosidade.

Braille contraído e não contraído

Por predefinição, o VoiceOver apresenta braille de 8 pontos, não contraído (grau 1). Neste modo, o VoiceOver traduz automaticamente cada carácter digitado no ecrã braille para a saída de braille, à medida que se digita.

É possível desactivar o braille de 8 pontos para utilizar braille de 6 pontos, não contraído. Neste modo, o VoiceOver traduz automaticamente cada palavra digitada na linha braille para a saída de braille, depois de determinar que a palavra foi concluída ou após premir a barra de espaço na linha braille.

Em alternativa, é possível utilizar o braille contraído (grau 2). O VoiceOver garante uma experiência perfeita quando digita e edita texto, a linha braille mostra o contexto do que está a digitar sem alternar dinamicamente para e de braille não contraído.

Linhas em vista panorâmica

Um ecrã em braille descreve normalmente a linha completa onde o cursor do VoiceOver está focado. Por exemplo, quando o foco do cursor do VoiceOver se encontra num elemento de uma janela, o dispositivo de braille exibe elementos tais como ícones, opções assinaláveis e menus pop-up, bem como o texto à esquerda e à direita do cursor do VoiceOver.

Se uma linha for demasiado larga para caber no ecrã em braille, é possível “expandir” a linha utilizando os botões esquerdo e direito no ecrã. Cada panorâmica esquerda ou direita move de acordo com o número de células (incluindo as células de estado) que o seu ecrã contém. Quando move o cursor do VoiceOver, o ecrã de braille faz panorâmica quando for necessário para seguir o cursor, até mesmo ajustando-se à linha anterior ou seguinte.

Pontos 7 e 8

O VoiceOver eleva os pontos 7 e 8 para indicar a posição do cursor do VoiceOver e, ao editar ou seleccionar texto, a selecção de texto. O VoiceOver indica a posição do cursor de selecção de texto (denominado de “raio em forma de L”) fazendo piscar o ponto 8 da célula de braille que precede o raio em forma de L e o ponto 7 da célula de braille seguindo-o.

Células de estado

O VoiceOver utiliza três células de estado para fornecer informações adicionais sobre o que está no ecrã. É possível definir o número de células de estado que são utilizadas e a sua localização no ecrã de braille. Por exemplo, é possível utilizar a célula que mostra o estado do texto e definir a sua localização no lado esquerdo do ecrã.

Pode utilizar o Utilitário VoiceOver para atribuir comandos do VoiceOver a teclas na linha braille. Encontrará mais informação em Atribuir comandos do VoiceOver a teclas do ecrã de braille.

Se o seu ecrã de braille tiver um teclado de tipo Perkins, também pode escrever nele.