Acerca dos conteúdos de segurança do iTunes 12.11 para Windows

Este documento descreve os conteúdos de segurança do iTunes 12.11 para Windows.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple.

iTunes 12.11 para Windows

Data de lançamento: 17 de novembro de 2020

Foundation

Disponível para: Windows 10 e posterior

Impacto: um utilizador local poderá conseguir ler ficheiros arbitrários

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da gestão melhorada do estado.

CVE-2020-10002: James Hutchins

ImageIO

Disponível para: Windows 10 e posterior

Impacto: o processamento de uma imagem criada com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de escrita fora dos limites através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-27912: Xingwei Lin do Ant-financial Light-Year Security Lab

libxml2

Disponível para: Windows 10 e posterior

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) com a gestão melhorada da memória.

CVE-2020-27917: detetado por OSS-Fuzz

libxml2

Disponível para: Windows 10 e posterior

Impacto: um atacante remoto poderá conseguir provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de ultrapassagem do limite máximo de números inteiros através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-27911: detetado por OSS-Fuzz

WebKit

Disponível para: Windows 10 e posterior

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) com a gestão melhorada da memória.

CVE-2020-27918: um investigador anónimo

Segurança do Windows

Disponível para: Windows 10 e posterior

Impacto: uma app maliciosa poderá conseguir aceder aos ID Apple de utilizadores locais

Descrição: existia um problema de divulgação de informações na transição do estado do programa. Este problema foi resolvido através do processamento melhorado do estado.

CVE-2020-27895: Sourav Newatia (linkedin.com/in/sourav-newatia-5b0848a8/)

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Contacte o fornecedor para obter mais informações.

Data de publicação: