Acerca dos conteúdos de segurança do iTunes 12.10.5 para Windows

Este documento descreve os conteúdos de segurança do iTunes 12.10.5 para Windows.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple.

iTunes 12.10.5 para Windows

Data de lançamento: 24 de março de 2020

libxml2

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: vários problemas no libxml2

Descrição: foi resolvido um problema de ultrapassagem do limite máximo do buffer com a validação melhorada do tamanho.

CVE-2020-3910: LGTM.com

libxml2

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: vários problemas no libxml2

Descrição: foi resolvido um problema de ultrapassagem do limite máximo do buffer através da verificação melhorada dos limites.

CVE-2020-3909: LGTM.com

CVE-2020-3911: detetado por OSS-Fuzz

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de confusão de tipos através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3901: Benjamin Randazzo (@____benjamin)

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: a origem de uma descarga pode ter sido associada incorretamente

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através de restrições melhoradas.

CVE-2020-3887: Ryan Pickren (ryanpickren.com)

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3895: grigoritchy

CVE-2020-3900: Dongzhuo Zhao em colaboração com ADLab of Venustech

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvida uma condição de disputa através de validação adicional.

CVE-2020-3894: Sergei Glazunov do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: um atacante remoto poderá conseguir provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de confusão de tipos através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3897: Brendan Draper (@6r3nd4n) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) com a gestão melhorada da memória.

CVE-2020-9783: Apple

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: um atacante remoto poderá conseguir provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de consumo de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3899: detetado por OSS-Fuzz

WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar um ataque de execução de scripts entre sites

Descrição: foi resolvido um problema de validação da entrada através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-3902: Yiğit Can YILMAZ (@yilmazcanyigit)

Carregamento de páginas do WebKit

Disponível para: Windows 7 e posterior

Impacto: o URL de um ficheiro pode ter sido processado incorretamente

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através de restrições melhoradas.

CVE-2020-3885: Ryan Pickren (ryanpickren.com)

Agradecimentos adicionais

WebKit

Gostaríamos de agradecer a Emilio Cobos Álvarez da Mozilla, a Samuel Groß do Google Project Zero e a um investigador anónimo pela sua colaboração.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Contacte o fornecedor para obter mais informações.

Data de publicação: