Acerca dos conteúdos de segurança do iCloud para Windows 10.9.2

Este documento descreve os conteúdos de segurança do iCloud para Windows 10.9.2.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple.

iCloud para Windows 10.9.2

Data de lançamento: 29 de janeiro de 2020

ImageIO

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: o processamento de uma imagem criada com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de leitura fora dos limites através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-3826: Samuel Groß do Google Project Zero

libxml2

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: o processamento de um ficheiro XML criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de ultrapassagem do limite máximo do buffer com a validação melhorada do tamanho.

CVE-2020-3846: Ranier Vilela

WebKit

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar uma execução universal de scripts entre sites

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da gestão melhorada do estado.

CVE-2020-3867: um investigador anónimo

WebKit

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3825: Przemysław Sporysz da Euvic

CVE-2020-3868: Marcin Towalski da Cisco Talos

WebKit

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: um site malicioso poderá conseguir provocar uma recusa de serviço

Descrição: foi resolvido um problema de recusa de serviço através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3862: Srikanth Gatta do Google Chrome

WebKit

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: visitar um site criado com intuito malicioso poderá revelar os sites visitados pelo utilizador

Descrição: o cabeçalho de referência HTTP poderá ser utilizado para divulgar o histórico de navegação. O problema foi resolvido ao mudar todas as referências de terceiros para a respetiva origem.

CVE-2019-8827: Artur Janc, Krzysztof Kotowicz, Lukas Weichselbaum e Roberto Clapis da Equipa de segurança da Google

Entrada adicionada a 3 de fevereiro de 2020

Carregamento de páginas do WebKit

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: o contexto de um objeto DOM de nível superior poderá ter sido considerado inseguro incorretamente

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da validação melhorada.

CVE-2020-3865: Ryan Pickren (ryanpickren.com)

Entrada adicionada a 11 de fevereiro de 2020

Carregamento de páginas do WebKit

Disponível para: Windows 10 e posterior através da Microsoft Store

Impacto: o contexto de um objeto DOM poderá não ter tido uma origem de segurança única

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da validação melhorada.

CVE-2020-3864: Ryan Pickren (ryanpickren.com)

Entrada adicionada a 11 de fevereiro de 2020

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Contacte o fornecedor para obter mais informações.

Data de publicação: