Acerca dos conteúdos de segurança do iOS 13.3.1 e do iPadOS 13.3.1

Este documento descreve os conteúdos de segurança do iOS 13.3.1 e do iPadOS 13.3.1.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple.

iOS 13.3.1 e iPadOS 13.3.1

Data de lançamento: 28 de janeiro de 2020

Áudio

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3857: Zhuo Liang da Equipa Vulcan da Qihoo 360

FaceTime

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: um utilizador remoto do FaceTime poderá fazer com que a vista de câmara do utilizador local mostre a câmara incorreta

Descrição: existia um problema no processamento da vista de câmara do utilizador local. O problema foi resolvido através da lógica melhorada.

CVE-2020-3869: Elisa Lee

ImageIO

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o processamento de uma imagem criada com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de leitura fora dos limites através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-3826: Samuel Groß do Google Project Zero

CVE-2020-3870

CVE-2020-3878: Samuel Groß do Google Project Zero

Entrada atualizada a 29 de janeiro de 2020

IOAcceleratorFamily

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3837: Brandon Azad do Google Project Zero

IPSec

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o carregamento de um ficheiro racoon de configuração maliciosa poderá levar à execução de código arbitrário

Descrição: existia um problema de off-by-one no processamento dos ficheiros de configuração racoon. Este problema foi resolvido através da verificação melhorada dos limites.

CVE-2020-3840: @littlelailo

Kernel

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvido um problema de validação através da limpeza melhorada da entrada.

CVE-2020-3875: Brandon Azad do Google Project Zero

Kernel

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvido um problema de inicialização de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3872: Haakon Garseg Mørk e Cim Stordal da Cognite

Kernel

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir determinar o esquema de memória do kernel

Descrição: um problema de acesso foi resolvido através da melhoria da gestão da memória.

CVE-2020-3836: Brandon Azad do Google Project Zero

Kernel

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3842: Ned Williamson em colaboração com o Google Project Zero

CVE-2020-3858: Xiaolong Bai e Min (Spark) Zheng da Alibaba Inc. e Luyi Xing da Indiana University Bloomington

Kernel

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvida uma condição de disputa através do bloqueio melhorado.

CVE-2020-3831: Corellium, Proteas da Equipa Nirvan da Qihoo 360

Kernel

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir executar código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de confusão de tipos através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3853: Brandon Azad do Google Project Zero

Kernel

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-3860: Proteas da Equipa Nirvan da Qihoo 360

libxml2

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o processamento de um ficheiro XML criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de ultrapassagem do limite máximo do buffer com a validação melhorada do tamanho.

CVE-2020-3846: Ranier Vilela

Entrada adicionada a 29 de janeiro de 2020

libxpc

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o processamento de uma cadeia criada com intuito malicioso poderá provocar a corrupção da área dinâmica para dados

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-3856: Ian Beer do Google Project Zero

libxpc

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir obter privilégios elevados

Descrição: foi resolvido um problema de leitura fora dos limites através da verificação melhorada dos limites.

CVE-2020-3829: Ian Beer do Google Project Zero

Mail

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: a opção "Carregar o conteúdo remoto das mensagens" foi desativada e poderá não ter sido aplicada a todas as pré-visualizações do Mail

Descrição: este problema foi resolvido através de uma propagação melhorada das definições.

CVE-2020-3873: Alexander Heinrich (@Sn0wfreeze) da Technische Universität Darmstadt, Stuart Chapman

Entrada atualizada a 29 de janeiro de 2020

Mensagens

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma pessoa com acesso físico a um dispositivo iOS poderá conseguir aceder aos contactos a partir do ecrã bloqueado

Descrição: foi resolvido um problema de inconsistência na interface de utilizador através da gestão melhorada do estado.

CVE-2020-3859: Andrew Gonzalez, Simone PC

Entrada atualizada a 29 de janeiro de 2020

Mensagens

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: os utilizadores que tenham sido removidos de uma conversa do iMessage podem continuar a conseguir alterar o seu estado

Descrição: este problema foi resolvido através de verificações melhoradas.

CVE-2020-3844: Ayden Panhuyzen (@aydenpanhuyzen) e Jamie Bishop (@jamiebishop123) da Dynastic, Lance Rodgers da Oxon Hill High School

Entrada atualizada a 29 de janeiro de 2020

Telefone

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma pessoa com acesso físico a um dispositivo iOS poderá conseguir aceder aos contactos a partir do ecrã bloqueado

Descrição: um problema com o ecrã bloqueado permitia o acesso a contactos num dispositivo bloqueado. Este problema foi resolvido através da gestão melhorada do estado.

CVE-2020-3828: um investigador anónimo

Preenchimento automático do início de sessão do Safari

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: um utilizador local poderá enviar inadvertidamente uma palavra-passe não cifrada através da rede

Descrição: o problema foi resolvido através do processamento da IU melhorado.

CVE-2020-3841: Sebastian Bicchi (@secresDoge) da Sec-Research

Capturas de ecrã

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: as capturas de ecrã da app Mensagens podem revelar conteúdo adicional de mensagens

Descrição: existia um problema na nomenclatura das capturas de ecrã. O problema foi resolvido através da nomenclatura melhorada.

CVE-2020-3874: Nicolas Luckie da Durham College

WebKit

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: um site malicioso poderá conseguir provocar uma recusa de serviço

Descrição: foi resolvido um problema de recusa de serviço através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3862: Srikanth Gatta do Google Chrome

Entrada adicionada a 29 de janeiro de 2020

WebKit

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2020-3825: Przemysław Sporysz da Euvic

CVE-2020-3868: Marcin Towalski da Cisco Talos

Entrada adicionada a 29 de janeiro de 2020

WebKit

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar uma execução universal de scripts entre sites

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da gestão melhorada do estado.

CVE-2020-3867: um investigador anónimo

Entrada adicionada a 29 de janeiro de 2020

Carregamento de páginas do WebKit

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o contexto de um objeto DOM poderá não ter tido uma origem de segurança única

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da validação melhorada.

CVE-2020-3864: Ryan Pickren (ryanpickren.com)

Entrada adicionada a 6 de fevereiro de 2020

Carregamento de páginas do WebKit

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: o contexto de um objeto DOM de nível superior poderá ter sido considerado seguro incorretamente

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da validação melhorada.

CVE-2020-3865: Ryan Pickren (ryanpickren.com)

Entrada adicionada a 29 de janeiro de 2020 e atualizada a 6 de fevereiro de 2020

Wi-Fi

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: um atacante remoto poderá conseguir causar o encerramento inesperado do sistema ou corromper a memória do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2020-3843: Ian Beer do Google Project Zero

Entrada adicionada a 6 de fevereiro de 2020

wifivelocityd

Disponível para: iPhone 6s e posterior, iPad Air 2 e posterior, iPad mini 4 e posterior e iPod touch (7.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: o problema foi resolvido através da lógica melhorada de permissões.

CVE-2020-3838: Dayton Pidhirney (@_watbulb)

Agradecimentos adicionais

IOSurface

Gostaríamos de agradecer a Liang Chen (@chenliang0817) pela sua colaboração.

Armazenamento de fotografias

Gostaríamos de agradecer a Salman Husain da UC Berkeley pela sua colaboração.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Contacte o fornecedor para obter mais informações.

Data de publicação: