Acerca dos conteúdos de segurança do iOS 12.1.1

Este documento descreve os conteúdos de segurança do iOS 12.1.1.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple. Pode cifrar comunicações com a Apple através da Chave PGP de segurança dos produtos Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

iOS 12.1.1

Data de lançamento: 5 de dezembro de 2018

AirPort

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir aumentar os privilégios

Descrição: foi resolvido um problema de confusão de tipos através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4303: Mohamed Ghannam (@_simo36)

Imagens de disco

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4465: Pangu Team

FaceTime

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um atacante poderá conseguir ver contactos a partir do ecrã bloqueado

Descrição: um problema com o ecrã bloqueado permitia o acesso a contactos num dispositivo bloqueado. Este problema foi resolvido através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4430: videosdebarraquito

Fornecedor de ficheiros

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir saber informações acerca da presença de outras aplicações no dispositivo

Descrição: este problema foi resolvido através de direitos melhorados.

CVE-2018-4446: Luke Deshotels, Jordan Beichler e William Enck da Universidade da Carolina do Norte;

Costin Carabaș e Răzvan Deaconescu da Universidade Politécnica de Bucareste

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um atacante com uma posição privilegiada poderá conseguir provocar um ataque de recusa de serviço

Descrição: foi resolvido um problema de recusa de serviço através da remoção do código vulnerável.

CVE-2018-4460: Kevin Backhouse da equipa Security Research Team da Semmle

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um utilizador local poderá conseguir ler a memória do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de inicialização de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4431: um investigador de segurança independente comunicou esta vulnerabilidade ao programa SecuriTeam Secure Disclosure da Beyond Security

Entrada atualizada a 18 de dezembro de 2018

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir aumentar os privilégios

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através de restrições melhoradas.

CVE-2018-4435: Jann Horn do Google Project Zero, Juwei Lin(@panicaII) e Junzhi Lu da equipa Mobile Security Team da TrendMicro em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada atualizada a 18 de dezembro de 2018

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4447: Juwei Lin(@panicaII) e Zhengyu Dong da equipa Mobile Security Team da TrendMicro em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada atualizada a 18 de dezembro de 2018

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4461: Ian Beer do Google Project Zero

LinkPresentation

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de um e-mail criado com intuito malicioso poderá provocar a falsificação da interface do utilizador

Descrição: existia um problema de falsificação no processamento de URL. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4429: Victor Le Pochat da imec-DistriNet, KU Leuven

Perfis

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um perfil de configuração não fidedigno poderá ser incorretamente apresentado como verificado

Descrição: existia um problema na validação de certificados nos perfis de configuração. Este problema foi resolvido através de verificações adicionais.

CVE-2018-4436: James Seeley @Code4iOS, Joseph S. da JJS Securities

Entrada atualizada a 18 de dezembro de 2018

Safari

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: aceder a um site malicioso poderá provocar a falsificação da interface do utilizador

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da validação melhorada.

CVE-2018-4439: xisigr do Xuanwu Lab da Tencent (tencent.com)

Safari

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: aceder a um site malicioso poderá provocar a falsificação dos conteúdos na barra de endereço

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4440: Wenxu Wu do Tencent Security Xuanwu Lab (xlab.tencent.com)

Safari

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um utilizador poderá não conseguir apagar completamente o histórico de navegação

Descrição: a opção "Limpar histórico e dados dos sites" não limpava o histórico. O problema foi resolvido através da eliminação melhorada de dados.

CVE-2018-4445: William Breuer

VoiceOver

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um atacante local poderá conseguir partilhar elementos a partir do ecrã bloqueado

Descrição: um problema com o ecrã bloqueado permitia o acesso à função de partilha num dispositivo bloqueado. Este problema foi resolvido através da restrição das opções disponíveis num dispositivo bloqueado.

CVE-2018-4428: videosdebarraquito

Entrada adicionada a 22 de janeiro de 2019

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4441: lokihardt do Google Project Zero

CVE-2018-4442: lokihardt do Google Project Zero

CVE-2018-4443: lokihardt do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: a existência de um problema de lógica originou a corrupção da memória. Este problema foi resolvido através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4438: lokihardt do Google Project Zero, Qixun Zhao da Equipa Vulcan da Qihoo 360

Entrada atualizada a 22 de janeiro de 2019

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4437: HyungSeok Han, DongHyeon Oh e Sang Kil Cha do KAIST Softsec Lab, Coreia

CVE-2018-4464: HyungSeok Han, DongHyeon Oh e Sang Kil Cha do KAIST Softsec Lab, Coreia

Agradecimentos adicionais

Perfis

Gostaríamos de agradecer a Luke Deshotels, a Jordan Beichler e a William Enck da Universidade da Carolina do Norte, a Costin Carabaș e a Răzvan Deaconescu da Universidade Politécnica de Bucareste pela sua ajuda.

SafariViewController

Os nossos agradecimentos a Yiğit Can YILMAZ (@yilmazcanyigit) pela sua ajuda.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: