Acerca dos conteúdos de segurança do watchOS 5

Este documento descreve os conteúdos de segurança do watchOS 5.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple. Pode cifrar comunicações com a Apple através da Chave PGP de segurança dos produtos Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

watchOS 5

Data de lançamento: 17 de setembro de 2018

CFNetwork

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4126: Bruno Keith (@bkth_) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

CoreFoundation

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir aumentar os privilégios

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4412: Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido (NCSC)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

CoreFoundation

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma aplicação poderá conseguir obter privilégios elevados

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4414: Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido (NCSC)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

CoreText

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: o processamento de um ficheiro de texto criado com intuito malicioso poderá provocar a execução de código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) com a gestão melhorada da memória.

CVE-2018-4347: um investigador anónimo

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

dyld

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir modificar partes protegidas do sistema de ficheiros

Descrição: foi resolvido um problema de configuração com restrições adicionais.

CVE-2018-4433: Vitaly Cheptsov

Entrada adicionada a 22 de janeiro de 2019

Grand Central Dispatch

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4426: Brandon Azad

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Heimdal

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4331: Brandon Azad

CVE-2018-4332: Brandon Azad

CVE-2018-4343: Brandon Azad

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

IOHIDFamily

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada

CVE-2018-4408: Ian Beer do Google Project Zero

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

IOKit

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir infringir a sandbox

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4341: Ian Beer do Google Project Zero

CVE-2018-4354: Ian Beer do Google Project Zero

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

IOKit

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4383: Apple

Entrada adicionada a 24 de outubro de 2018

IOUserEthernet    

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4401: Apple

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

iTunes Store

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: um atacante numa posição privilegiada da rede poderá falsificar pedidos de palavra-passe na iTunes Store

Descrição: foi resolvido um problema de validação da entrada através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4305: Jerry Decime

Kernel

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: existia um problema de validação da entrada no kernel. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4363: Ian Beer do Google Project Zero

Kernel

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4336: Brandon Azad

CVE-2018-4337: Ian Beer do Google Project Zero

CVE-2018-4340: Mohamed Ghannam (@_simo36)

CVE-2018-4344: o National Cyber Security Centre (NCSC) do Reino Unido

CVE-2018-4425: cc em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro, Juwei Lin (@panicaII) da Trend Micro em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018 e atualizada a 30 de outubro de 2018

Kernel

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app maliciosa poderá conseguir divulgar informações confidenciais do utilizador

Descrição: existia um problema de acesso com chamadas API privilegiadas. Este problema foi resolvido através de restrições adicionais.

CVE-2018-4399: Fabiano Anemone (@anoane)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Kernel

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: um atacante numa posição privilegiada na rede poderá conseguir executar um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada.

CVE-2018-4407: Kevin Backhouse da Semmle Ltd.

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Safari

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: um utilizador local poderá conseguir descobrir sites que um utilizador visitou

Descrição: existia um problema de consistência no processamento de instantâneos de aplicação. O problema foi resolvido através da melhoria do processamento de instantâneos de aplicação.

CVE-2018-4313: 11 investigadores anónimos, David Scott, Enes Mert Ulu da Abdullah Mürşide Özünenek Anadolu Lisesi - Ancara/Turquia, Mehmet Ferit Daştan da Van Yüzüncü Yıl University, Metin Altug Karakaya da Kaliptus Medical Organization, Vinodh Swami da Western Governors University (WGU)

Segurança

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: um atacante poderá conseguir explorar fragilidades no algoritmo criptográfico RC4

Descrição: este problema foi resolvido através da remoção de RC4.

CVE-2016-1777: Pepi Zawodsky

Segurança

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: um utilizador local poderá conseguir provocar uma recusa de serviço

Descrição: este problema foi resolvido através de verificações melhoradas.

CVE-2018-4395: Patrick Wardle da Digita Security

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Symptom Framework

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: uma app poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvido um problema de leitura fora dos limites através da verificação melhorada dos limites.

CVE-2018-4203: Bruno Keith (@bkth_) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Texto

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: o processamento de um ficheiro de texto com intuito malicioso poderá provocar uma recusa de serviço

Descrição: foi resolvido um problema de recusa de serviço através da validação melhorada.

CVE-2018-4304: jianan.huang (@Sevck)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

WebKit

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: um site malicioso poderá causar comportamento inesperado de origens cruzadas

Descrição: existia um problema de origens cruzadas nos elementos iframe. Este problema foi resolvido através de uma melhoria no controlo das origens de segurança.

CVE-2018-4319: John Pettitt da Google

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: a interação inesperada causa uma falha de confirmação

Descrição: foi resolvido um problema de consumo de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4361: descoberto por OSS-Fuzz

CVE-2018-4474: descoberto por OSS-Fuzz

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018 e atualizada a 22 de janeiro de 2019

WebKit

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: a interação inesperada causa uma falha de confirmação

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada.

CVE-2018-4191: descoberto por OSS-Fuzz

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: os SecurityErrors de origens cruzadas incluem a origem do frame acedido

Descrição: o problema foi resolvido através da remoção de informações de origem.

CVE-2018-4311: Erling Alf Ellingsen (@steike)

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: Apple Watch Series 1 e posterior

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4299: Samuel Groβ (saelo) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

CVE-2018-4359: Samuel Groß (@5aelo)

CVE-2018-4358: equipa @phoenhex (@bkth_ @5aelo @_niklasb) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

Agradecimentos adicionais

Core Data

Gostaríamos de agradecer a Andreas Kurtz (@aykay) da NESO Security Labs GmbH pela sua ajuda.

Perfis do ambiente Sandbox

Gostaríamos de agradecer ao Tencent Keen Security Lab em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro pela sua ajuda.

SQLite

Gostaríamos de agradecer a Andreas Kurtz (@aykay) da NESO Security Labs GmbH pela sua ajuda.

WebKit

Gostaríamos de agradecer ao Tencent Keen Security Lab em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro pela sua ajuda.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: