Acerca dos conteúdos de segurança do iOS 12

Este documento descreve os conteúdos de segurança do iOS 12.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple. Pode cifrar comunicações com a Apple através da Chave PGP de segurança dos produtos Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

iOS 12

Data de lançamento: 17 de setembro de 2018

Contas

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app local poderá conseguir ler um identificador de conta persistente

Descrição: este problema foi resolvido através de direitos melhorados.

CVE-2018-4322: Min (Spark) Zheng, Xiaolong Bai da Alibaba Inc.

Desbloqueio automático

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app maliciosa poderá conseguir aceder aos ID Apple de utilizadores locais

Descrição: existia um problema de validação na verificação de direitos. Este problema foi resolvido com a melhoria da validação no processo de verificação de direitos.

CVE-2018-4321: Min (Spark) Zheng, Xiaolong Bai da Alibaba Inc.

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

Bluetooth

Disponível para: iPhone SE, iPhone 6s, iPhone 6s Plus, iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPad Mini 4, iPad Pro de 12,9 polegadas (1.ª geração), iPad Pro de 12,9 polegadas (2.ª geração), iPad Pro de 10,5 polegadas, iPad Pro de 9,7 polegadas, iPad (5.ª geração) e iPod touch (6.ª geração).

Impacto: um atacante com uma posição privilegiada na rede poderá conseguir intercetar o tráfego de Bluetooth

Descrição: existia um problema de validação no Bluetooth. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-5383: Lior Neumann e Eli Biham

CFNetwork

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4126: Bruno Keith (@bkth_) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

CoreFoundation

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir aumentar os privilégios

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4412: Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido (NCSC)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

CoreFoundation

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir obter privilégios elevados

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4414: Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido (NCSC)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

CoreMedia

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir saber informações sobre a vista de câmara atual antes de obter acesso à câmara

Descrição: existia um problema de permissões. Este problema foi resolvido através da validação melhorada de permissões.

CVE-2018-4356: investigador anónimo

CoreText

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de um ficheiro de texto criado com intuito malicioso poderá provocar a execução de código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) com a gestão melhorada da memória.

CVE-2018-4347: um investigador anónimo

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Crash Reporter

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvido um problema de validação através da limpeza melhorada da entrada.

CVE-2018-4333: Brandon Azad

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

Grand Central Dispatch

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4426: Brandon Azad

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Heimdal

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4331: Brandon Azad

CVE-2018-4332: Brandon Azad

CVE-2018-4343: Brandon Azad

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

iBooks

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: analisar um ficheiro do iBooks criado com intuito malicioso poderá provocar a divulgação das informações do utilizador

Descrição: foi resolvido um problema de configuração com restrições adicionais.

CVE-2018-4355: evi1m0 da equipa de segurança da bilibili

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

IOHIDFamily

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada

CVE-2018-4408: Ian Beer do Google Project Zero

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

IOKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir infringir a sandbox

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4341: Ian Beer do Google Project Zero

CVE-2018-4354: Ian Beer do Google Project Zero

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

IOKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4383: Apple

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

IOMobileFrameBuffer

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvido um problema de validação através da limpeza melhorada da entrada.

CVE-2018-4335: Brandon Azad

IOUserEthernet

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4401: Apple

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

iTunes Store

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um atacante com uma posição privilegiada na rede poderá falsificar pedidos de palavra-passe na iTunes Store

Descrição: foi resolvido um problema de validação da entrada através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4305: Jerry Decime

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: existia um problema de validação da entrada no kernel. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4363: Ian Beer do Google Project Zero

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4336: Brandon Azad

CVE-2018-4337: Ian Beer do Google Project Zero

CVE-2018-4340: Mohamed Ghannam (@_simo36)

CVE-2018-4344: o National Cyber Security Centre (NCSC) do Reino Unido

CVE-2018-4425: cc em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro, Juwei Lin (@panicaII) da Trend Micro em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018, atualizada a 30 de outubro de 2018

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app maliciosa poderá conseguir divulgar informações confidenciais do utilizador

Descrição: existia um problema de acesso com chamadas API privilegiadas. Este problema foi resolvido através de restrições adicionais.

CVE-2018-4399: Fabiano Anemone (@anoane)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Kernel

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um atacante numa posição privilegiada na rede poderá conseguir executar um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada.

CVE-2018-4407: Kevin Backhouse da Semmle Ltd.

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

mDNSOffloadUserClient

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4326: um investigador anónimo em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro, Zhuo Liang da Equipa Nirvan da Qihoo 360

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

MediaRemote

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um processo na sandbox poderá ser capaz de contornar as restrições da sandbox

Descrição: foi resolvido um problema de acesso através de restrições adicionais da sandbox.

CVE-2018-4310: CodeColorist do Ant-Financial LightYear Labs

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Mensagens

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um utilizador local poderá conseguir descobrir as mensagens eliminadas de um utilizador

Descrição: existia um problema de consistência no processamento de instantâneos de aplicação. O problema foi resolvido através da gestão melhorada da eliminação de mensagens.

CVE-2018-4313: 11 investigadores anónimos, David Scott, Enes Mert Ulu da Abdullah Mürşide Özünenek Anadolu Lisesi - Ancara/Turquia, Mehmet Ferit Daştan da Van Yüzüncü Yıl University, Metin Altug Karakaya da Kaliptus Medical Organization, Vinodh Swami da Western Governors University (WGU)

Notas

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um utilizador local poderá conseguir descobrir as notas eliminadas de um utilizador

Descrição: existia um problema de consistência no processamento de instantâneos de aplicação. O problema foi resolvido através da gestão melhorada da eliminação de notas.

CVE-2018-4352: Utku Altinkaynak

Entrada atualizada a 30 de outubro de 2018

Safari

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um utilizador local poderá conseguir descobrir sites que um utilizador visitou

Descrição: existia um problema de consistência no processamento de instantâneos de aplicação. O problema foi resolvido através da melhoria do processamento de instantâneos de aplicação.

CVE-2018-4313: 11 investigadores anónimos, David Scott, Enes Mert Ulu da Abdullah Mürşide Özünenek Anadolu Lisesi - Ancara/Turquia, Mehmet Ferit Daştan da Van Yüzüncü Yıl University, Metin Altug Karakaya da Kaliptus Medical Organization, Vinodh Swami da Western Governors University (WGU)

Safari

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um utilizador poderá não conseguir apagar elementos do histórico de navegação

Descrição: apagar um elemento do histórico poderá não limpar as visitas com cadeias de redirecionamento. O problema foi resolvido através da eliminação melhorada de dados.

CVE-2018-4329: Hugo S. Diaz (coldpointblue)

Safari

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um site malicioso poderá conseguir exflitrar dados preenchidos automaticamente no Safari

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4307: Rafay Baloch da Pakistan Telecommunications Authority

SafariViewController

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: aceder a um site malicioso poderá provocar a falsificação dos conteúdos na barra de endereço

Descrição: foi resolvido um problema de inconsistência na interface de utilizador através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4362: Jun Kokatsu (@shhnjk)

Segurança

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um utilizador local poderá conseguir provocar uma recusa de serviço

Descrição: este problema foi resolvido através de verificações melhoradas.

CVE-2018-4395: Patrick Wardle da Digita Security

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Segurança

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um atacante poderá conseguir explorar fragilidades no algoritmo criptográfico RC4

Descrição: este problema foi resolvido através da remoção de RC4.

CVE-2016-1777: Pepi Zawodsky

Barra de estado

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma pessoa com acesso físico a um dispositivo iOS poderá conseguir determinar a última app utilizada a partir do ecrã de bloqueio

Descrição: foi resolvido um problema de lógica através de restrições melhoradas.

CVE-2018-4325: Brian Adeloye

Symptom Framework

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: uma app poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvido um problema de leitura fora dos limites através da verificação melhorada dos limites.

CVE-2018-4203: Bruno Keith (@bkth_) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Texto

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de um ficheiro de texto com intuito malicioso poderá provocar uma recusa de serviço

Descrição: foi resolvido um problema de recusa de serviço através da validação melhorada.

CVE-2018-4304: jianan.huang (@Sevck)

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um site malicioso poderá conseguir executar scripts no contexto de outro site

Descrição: existia um problema de execução de scripts entre sites no Safari. Este problema foi resolvido através da validação melhorada de URL.

CVE-2018-4309: um investigador anónimo em conjunto com a Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: a interação inesperada causa uma falha de confirmação

Descrição: foi resolvido um problema de consumo de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4361: descoberto por OSS-Fuzz

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018, atualizada a 30 de outubro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: os SecurityErrors de origens cruzadas incluem a origem do frame acedido

Descrição: o problema foi resolvido através da remoção de informações de origem.

CVE-2018-4311: Erling Alf Ellingsen (@steike)

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4299: Samuel Groβ (saelo) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

CVE-2018-4323: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4328: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4358: @phoenhex team (@bkth_ @5aelo @_niklasb) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

CVE-2018-4359: Samuel Groß (@5aelo)

CVE-2018-4360: William Bowling (@wcbowling)

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018, atualizada a 30 de outubro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um site malicioso poderá causar comportamento inesperado de origens cruzadas

Descrição: existia um problema de origens cruzadas nos elementos iframe. Este problema foi resolvido através de uma melhoria no controlo das origens de segurança.

CVE-2018-4319: John Pettitt da Google

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da gestão melhorada do estado.

CVE-2018-4316: crixer, Hanming Zhang (@4shitak4) da Vulcan Team da Qihoo 360

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: a interação inesperada causa uma falha de confirmação

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada.

CVE-2018-4191: descoberto por OSS-Fuzz

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: um site malicioso poderá retirar dados de imagem devido ao cruzamento de origens

Descrição: existia um problema de execução de scripts entre sites no Safari. Este problema foi resolvido através da validação melhorada de URL.

CVE-2018-4345: um investigador anónimo

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

WebKit

Disponível para: iPhone 5s e posterior, iPad Air e posterior e iPod touch (6.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) com a gestão melhorada da memória.

CVE-2018-4315: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4197: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4312: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4306: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4318: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4317: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4314: Ivan Fratric do Google Project Zero

Entrada adicionada a 24 de setembro de 2018

Agradecimentos adicionais

Recursos

Gostaríamos de agradecer a Brandon Azad pela sua ajuda.

configd

Gostaríamos de agradecer a Sabri Haddouche (@pwnsdx) da Wire Swiss GmbH pela sua ajuda.

Core Data

Gostaríamos de agradecer a Andreas Kurtz (@aykay) da NESO Security Labs GmbH pela sua ajuda.

Exchange ActiveSync

Gostaríamos de agradecer a Jesse Thompson da Universidade do Wisconsin-Madison pela sua ajuda.

Feedback Assistant

Gostaríamos de agradecer a Marco Grassi (@marcograss) do Tencent KeenLab (@keen_lab) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro pela sua ajuda.

Mail

Gostaríamos de agradecer a Alessandro Avagliano do Rocket Internet SE, a Gunnar Diepenbruck e a Zbyszek Żółkiewski pela sua ajuda.

MediaRemote

Gostaríamos de agradecer a Brandon Azad pela sua ajuda.

Safari

Gostaríamos de agradecer a Marcel Manz da SIMM-Comm GmbH e a Vlad Galbin pela sua ajuda.

Perfis do ambiente Sandbox

Gostaríamos de agradecer ao Tencent Keen Security Lab em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro pela sua ajuda.

Segurança

Gostaríamos de agradecer a Christoph Sinai, a Daniel Dudek (@dannysapples) do The Irish Times e a Filip Klubička (@lemoncloak) do ADAPT Centre, Dublin Institute of Technology, a Istvan Csanady da Shapr3D, a Omar Barkawi da ITG Software, Inc., a Phil Caleno, a Wilson Ding e a um investigador anónimo pela sua ajuda.

SQLite

Gostaríamos de agradecer a Andreas Kurtz (@aykay) da NESO Security Labs GmbH pela sua ajuda.

Barra de estado

Gostaríamos de agradecer a Ju Zhu do Meituan e a Moony Li e Lilang Wu da Trend Micro pela sua ajuda.

WebKit

Gostaríamos de agradecer a Cary Hartline, Hanming Zhang da Equipa Vulcan da 360, Tencent Keen Security Lab em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro e a Zach Malone da CA Technologies pela sua ajuda.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: