Acerca dos conteúdos de segurança do macOS High Sierra 10.13.6, Atualização de segurança 2018-004 Sierra, Atualização de segurança 2018-004 El Capitan

Este documento descreve os conteúdos de segurança do macOS High Sierra 10.13.6, da Atualização de segurança 2018-004 Sierra e da Atualização de segurança 2018-004 El Capitan.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple. Pode cifrar comunicações com a Apple através da Chave PGP de segurança dos produtos Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

macOS High Sierra 10.13.6, Atualização de segurança 2018-004 Sierra e Atualização de segurança 2018-004 El Capitan

Data de lançamento: 9 de julho de 2018

AMD

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir determinar o esquema de memória do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de divulgação de informações através da remoção do código vulnerável.

CVE-2018-4289: shrek_wzw da Equipa Nirvan da Qihoo 360

APFS

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: uma app poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4268: Mac em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

ATS

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir obter privilégios de raiz

Descrição: foi resolvido um problema de confusão de tipos através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4285: Mohamed Ghannam (@_simo36)

Bluetooth

Disponível para: MacBook Pro (15 polegadas, 2018) e MacBook Pro (13 polegadas, 2018, quatro portas Thunderbolt 3)
Foram resolvidos problemas noutros modelos Mac com o macOS High Sierra 10.13.5.

Impacto: um atacante com uma posição privilegiada na rede poderá conseguir intercetar o tráfego de Bluetooth

Descrição: existia um problema de validação no Bluetooth. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-5383: Lior Neumann e Eli Biham

Entrada adicionada a 23 de julho de 2018

CFNetwork

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: os cookies poderão continuar ativos de uma forma inesperada no Safari

Descrição: foi resolvido um problema de gestão de cookies através de verificações melhoradas.

CVE-2018-4293: investigador anónimo

CoreCrypto

Disponível para: OS X El Capitan 10.11.6 e macOS Sierra 10.12.6

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir infringir a sandbox

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4269: Abraham Masri (@cheesecakeufo)

CUPS

Disponível para: OS X El Capitan 10.11.6, macOS Sierra 10.12.6, macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: um atacante com uma posição privilegiada poderá conseguir provocar um ataque de recusa de serviço

Descrição: foi resolvido um problema de perda de referência do indicador nulo através da validação melhorada.

CVE-2018-4276: Jakub Jirasek da Secunia Research na Flexera

Entrada adicionada a 25 de setembro de 2018

DesktopServices

Disponível para: macOS Sierra 10.12.6

Impacto: um utilizador local poderá conseguir visualizar informações confidenciais de utilizadores

Descrição: existia um problema de permissão em que foi incorretamente concedida uma permissão para executar. Este problema foi resolvido através da validação melhorada de permissões.

CVE-2018-4178: Arjen Hendrikse

IOGraphics

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: um utilizador local poderá conseguir ler a memória do kernel

Descrição: existia um problema de leitura fora dos limites que levava à divulgação da memória do kernel. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4283: @panicaII em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Kernel

Disponível para: OS X El Capitan 10.11.6, macOS Sierra 10.12.6, macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: os sistemas com microprocessadores baseados em Intel® Core poderão permitir que um processo local infira dados através do restauro do estado Lazy FP a partir de outro processo através de um ataque side-channel de execução especulativa

Descrição: utilização do restauro do estado Lazy FP em vez da operação de guardar e restaurar em modo de avaliação imediata durante a alternância de contexto. Os estados de restauro de avaliação adiada são potencialmente vulneráveis a explorações através das quais um processo poderá inferir valores de registo de outros processos através de um ataque side-channel de execução especulativa que infere o respetivo valor.

Foi resolvido um problema de divulgação de informações através da limpeza do estado do registo FP/SIMD.

CVE-2018-3665: Julian Stecklina da Amazon Alemanha, Thomas Prescher da Cyberus Technology GmbH (cyberus-technology.de), Zdenek Sojka da SYSGO AG (sysgo.com) e Colin Percival

Kernel

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: a montagem de uma partilha de rede NFS criada com intuito malicioso poderá levar à execução de um código arbitrário com privilégios de sistema

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4259: Kevin Backhouse da LGTM.com e Semmle

CVE-2018-4286: Kevin Backhouse da LGTM.com e Semmle

CVE-2018-4287: Kevin Backhouse da LGTM.com e Semmle

CVE-2018-4288: Kevin Backhouse da LGTM.com e Semmle

CVE-2018-4291: Kevin Backhouse da LGTM.com e Semmle

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

libxpc

Disponível para: OS X El Capitan 10.11.6, macOS Sierra 10.12.6, macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: uma aplicação poderá conseguir obter privilégios elevados

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-4280: Brandon Azad

libxpc

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir ler a memória restrita

Descrição: foi resolvido um problema de leitura fora dos limites através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4248: Brandon Azad

LinkPresentation

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: aceder a um site malicioso poderá provocar a falsificação dos conteúdos na barra de endereço

Descrição: existia um problema de falsificação no processamento de URL. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2018-4277: xisigr do Xuanwu Lab da Tencent (tencent.com)

Perl

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: existiam vários problemas de ultrapassagem do limite máximo do buffer no Perl

Descrição: foram resolvidos vários problemas no Perl através do processamento melhorado da memória.

CVE-2018-6797: Brian Carpenter

CVE-2018-6913: GwanYeong Kim

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Ruby

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.5

Impacto: um atacante remoto poderá conseguir provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas no Ruby nesta atualização.

CVE-2017-0898

CVE-2017-10784

CVE-2017-14033

CVE-2017-14064

CVE-2017-17405

CVE-2017-17742

CVE-2018-6914

CVE-2018-8777

CVE-2018-8778

CVE-2018-8779

CVE-2018-8780

Entrada adicionada a 30 de outubro de 2018

Agradecimentos adicionais

App Store

Gostaríamos de agradecer a Jesse Endahl e a Stevie Hryciw da Fleetsmith. Também a Max Bélanger da Dropbox pela sua colaboração.

Entrada adicionada a 8 de agosto de 2018

Visualizador da ajuda

Gostaríamos de agradecer a Wojciech Reguła (@_r3ggi) da SecuRing pela sua colaboração com quatro mitigações.

Kernel

Gostaríamos de agradecer a juwei lin (@panicaII) da Trend Micro em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro pela sua ajuda.

Segurança

Gostaríamos de agradecer a Brad Dahlsten da Iowa State University pela sua colaboração.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: