Obter as medições mais precisas com o Apple Watch

O Apple Watch utiliza as informações pessoais que fornece para ajudar a calcular as métricas para as suas atividades diárias. Pode melhorar ainda mais a sua precisão através destas dicas.

Manter as informações pessoais atualizadas

O Apple Watch utiliza as suas informações pessoais, como a altura, o peso, o género e a idade, para calcular quantas calorias queima e muito mais. 

Para atualizar as informações pessoais, abra a app Apple Watch no iPhone. Toque no separador O meu relógio e, em seguida, toque em Saúde. Toque em Editar e, em seguida, toque no elemento que pretende alterar.
Ecrã de informações de saúde no iPhone.

 

Certificar-se de que obtém créditos de Movimento e Exercício

Cada minuto completo de movimento que iguale ou ultrapasse a intensidade de uma caminhada a passo rápido conta para as suas metas diárias de Exercício e Movimento. Para utilizadores de cadeiras de rodas, tal é medido em impulsos enérgicos. Qualquer atividade de intensidade inferior conta apenas para a meta de Movimento diária.

Para assegurar que recebe créditos de Exercício durante caminhadas, deixe o braço onde colocou o Apple Watch balançar naturalmente. Por exemplo, ao levar o seu animal de estimação a passear, deixe o braço com o relógio balançar à vontade enquanto segura a trela com o outro.

Se precisar de usar as duas mãos durante a caminhada (para empurrar um carrinho de bebé, por exemplo), poderá ainda assim receber créditos de Exercício ao utilizar a app Treino. Abra a app no Apple Watch e toque em Caminhada (ar livre). A app Atividade depende do movimento do braço e de um acelerómetro para monitorizar o movimento, mas a app Treino pode utilizar o acelerómetro, o sensor de ritmo cardíaco e o GPS.

 

Certificar-se de que a funcionalidade Deteção de pulso está ativada

Se a funcionalidade Deteção de pulso estiver desativada, não receberá notificações sobre a opção De pé e o Apple Watch não irá monitorizar o progresso De pé. As leituras de ritmo cardíaco em segundo plano (como os ritmos de repouso e caminhada*) não serão registadas se a funcionalidade Deteção de pulso estiver desativada. 

Para consultar a definição, abra a app Apple Watch no iPhone. Toque no separador O meu relógio e, em seguida, toque em Código. Certifique-se de que a funcionalidade Deteção de pulso está ativada.

Ecrã de definições de código no iPhone.

 

Verificar o ajuste

Utilizar o Apple Watch com o ajuste adequado (nem demasiado apertado nem demasiado largo e com espaço para a pele respirar) permite manter-se confortável e que os sensores funcionem corretamente.  

Poderá ser recomendável apertar mais a bracelete do Apple Watch ao fazer exercício e depois alargá-la quando terminar. Além disso, os sensores só funcionarão se utilizar o Apple Watch na parte superior do pulso.

Saiba mais sobre como utilizar o Apple Watch.

 

Obter a medição de ritmo cardíaco mais precisa

Para obter a medição de ritmo cardíaco mais precisa quando estiver a utilizar a app Treino, certifique-se de que o Apple Watch está bem ajustado ao pulso. O sensor de ritmo cardíaco deve estar junto à pele. Saiba mais sobre a precisão e os limites do sensor de ritmo cardíaco.

Se ativar o modo Poupar energia durante um treino de caminhada ou corrida, o sensor de ritmo cardíaco é desativado. Para desativar o modo Poupar energia, abra a app Apple Watch no iPhone e, em seguida, toque em Treino > Poupar energia. 

Se desativar o Ritmo cardíano nas definições de Privacidade, também não irá obter a medição do ritmo cardíaco. Para ativar o Ritmo cardíaco, abra a app Apple Watch no iPhone e, em seguida, toque em Privacidade > Ritmo cardíaco.  

 

 

Escolher o melhor treino

Ao utilizar a app Treino, selecione a opção mais adequada ao que está a fazer. Por exemplo, se estiver a correr na passadeira, selecione Corrida (interior). Se estiver a realizar um treino que não se encontra listado, como um treino de força, selecione Outro.

Saiba mais sobre cada tipo de treino.
Treino Corrida (interior).

Calibrar o Apple Watch

Efetue a calibragem do Apple Watch para melhorar a precisão das medições de distância, ritmo e calorias. Calibrar o relógio também o ajuda a conhecer a sua condição física e passada.

Saiba como calibrar o Apple Watch.

 

Fatores que influenciam a leitura do ritmo cardíaco

Há muitos fatores que podem afetar o desempenho do sensor de ritmo cardíaco do Apple Watch. A perfusão da pele (ou a quantidade de sangue que flui pela pele) é um deles. A perfusão da pele varia significativamente de pessoa para pessoa e pode também ser afetada pelo ambiente. Se estiver a realizar exercício num clima frio, por exemplo, a perfusão da pele no pulso pode ser demasiado baixa para que o sensor de ritmo cardíaco obtenha uma leitura.

Alterações permanentes ou temporárias da pele, como certas tatuagens, podem também ter impacto no desempenho do sensor de ritmo cardíaco. A tinta, o padrão e a saturação de algumas tatuagens podem bloquear a luz do sensor, afetando a fiabilidade das leituras.

O movimento é outro fator que pode afetar o sensor de ritmo cardíaco. Movimentos ritmados, como correr ou andar de bicicleta, proporcionam melhores resultados do que movimentos irregulares, como praticar ténis ou boxe.

Se não for capaz de obter uma leitura consistente devido a algum destes fatores, pode ligar o Apple Watch sem fios a monitores do ritmo cardíaco externos, como bandas de peito Bluetooth. Saiba como emparelhar acessórios Bluetooth.

O ritmo cardíaco é um de muitos fatores que o Apple Watch utiliza para medir a atividade e o exercício. Consoante o seu treino, seleciona as entradas mais adequadas para essa atividade. Por exemplo, quando estiver a correr dentro de um edifício, também utiliza o acelerómetro. Saiba mais sobre como o Apple Watch utiliza o GPS e o sensor de ritmo cardíaco durante a utilização da app Treino

* Os ritmos de caminhada e de repouso estão disponíveis apenas no Apple Watch Series 1 ou posterior.

Data de publicação: