Acerca dos conteúdos de segurança do Safari 10.1

Este documento descreve os conteúdos de segurança do Safari 10.1.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou os lançamentos necessários. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple. Pode cifrar comunicações com a Apple através da Chave PGP de segurança dos produtos Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

Safari 10.1

Data de lançamento: 27 de março de 2017

CoreGraphics

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2017-2444: Mei Wang da 360 GearTeam

JavaScriptCore

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) através da gestão melhorada da memória.

CVE-2017-2491: Apple

Entrada adicionada a 2 de maio de 2017

JavaScriptCore

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de uma página web criada com intuito malicioso poderá provocar uma execução universal de scripts entre sites

Descrição: foi resolvido um problema de protótipo através da lógica melhorada.

CVE-2017-2492: lokihardt do Google Project Zero

Entrada atualizada a 24 de abril de 2017

Safari

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: aceder a um site malicioso poderá provocar a falsificação dos conteúdos na barra de endereço

Descrição: foi resolvido um problema de gestão do estado através da desativação da introdução de texto até que a página de destino carregue.

CVE-2017-2376: um investigador anónimo, Chris Hlady da Google Inc, Yuyang Zhou do Departamento da plataforma de segurança da Tencent (security.tencent.com), Muneaki Nishimura (nishimunea) da Recruit Technologies Co., Ltd., Michal Zalewski da Google Inc, um investigador anónimo

Safari

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá apresentar fichas de autenticação em sites arbitrários

Descrição: existia um problema de falsificação e recusa de serviço no processamento da autenticação HTTP. Este problema foi resolvido ao tornar as fichas de autenticação HTTP não modais.

CVE-2017-2389: ShenYeYinJiu do Tencent Security Response Center, TSRC

Safari

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: aceder a um site malicioso ao clicar numa ligação poderá provocar a falsificação da interface do utilizador

Descrição: existia um problema de falsificação no processamento de pedidos do FaceTime. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2017-2453: xisigr do Xuanwu Lab da Tencent (tencent.com)

Preenchimento automático do início de sessão do Safari

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: um utilizador local poderá conseguir aceder a elementos do porta-chaves bloqueados

Descrição: foi resolvido um problema de processamento do porta-chaves através da gestão melhorada dos elementos do porta-chaves.

CVE-2017-2385: Simon Woodside da MedStack

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: arrastar e largar uma ligação criada com intuito malicioso poderá provocar a falsificação de marcadores ou a execução de um código arbitrário

Descrição: existia um problema de validação na criação de marcadores. Este problema foi resolvido através da validação melhorada da entrada.

CVE-2017-2378: xisigr do Xuanwu Lab da Tencent (tencent.com)

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá exfiltrar dados de origens cruzadas

Descrição: foi resolvido um problema de acesso ao protótipo através do processamento melhorado da exceção.

CVE-2017-2386: André Bargull

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2017-2394: Apple

CVE-2017-2396: Apple

CVE-2016-9642: Gustavo Grieco

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2017-2395: Apple

CVE-2017-2454: Ivan Fratric do Google Project Zero, Zheng Huang do Baidu Security Lab em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro 

CVE-2017-2455: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2017-2459: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2017-2460: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2017-2464: Jeonghoon Shin, Natalie Silvanovich do Google Project Zero

CVE-2017-2465: Zheng Huang e Wei Yuan do Baidu Security Lab

CVE-2017-2466: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2017-2468: lokihardt do Google Project Zero

CVE-2017-2469: lokihardt do Google Project Zero

CVE-2017-2470: lokihardt do Google Project Zero

CVE-2017-2476: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2017-2481: 0011 em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada atualizada a 20 de junho de 2017

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de confusão de tipos através do processamento melhorado da memória.

CVE-2017-2415: Kai Kang do Xuanwu Lab da Tencent (tencent.com)

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a não execução inesperada da política de segurança de conteúdos

Descrição: existia um problema de acesso na política de segurança de conteúdos.  Este problema foi resolvido através de uma melhoria nas restrições de acesso.

CVE-2017-2419: Nicolai Grødum da Cisco Systems

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar o consumo elevado de memória

Descrição: foi resolvido um problema de consumo de recursos sem controlo através do processamento melhorado do regex.

CVE-2016-9643: Gustavo Grieco

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a divulgação da memória de processamento

Descrição: existia um problema de divulgação de informações no processamento de shaders OpenGL. Este problema foi resolvido através da gestão melhorada da memória.

CVE-2017-2424: Paul Thomson (utilizando a ferramenta GLFuzz) do Multicore Programming Group, Imperial College London

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2017-2433: Apple

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá exfiltrar dados de origens cruzadas

Descrição: existiam vários problemas de validação no processamento do carregamento de páginas. Este problema foi resolvido através da lógica melhorada.

CVE-2017-2364: lokihardt do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: um site malicioso poderá exfiltrar dados de origens cruzadas

Descrição: existia um problema de validação no processamento do carregamento de páginas. Este problema foi resolvido através da lógica melhorada.

CVE-2017-2367: lokihardt do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar uma execução universal de scripts entre sites

Descrição: existia um problema de lógica no processamento de objetos da frame. Este problema foi resolvido através da gestão melhorada do estado.

CVE-2017-2445: lokihardt do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: existia um problema de lógica no processamento de funções do modo restrito. Este problema foi resolvido através da gestão melhorada do estado.

CVE-2017-2446: Natalie Silvanovich do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: aceder a um site criado com intuito malicioso poderá comprometer as informações de utilizadores

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2017-2447: Natalie Silvanovich do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2017-2463: Kai Kang (4B5F5F4B) do Xuanwu Lab da Tencent (tencent.com) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 28 de março de 2017

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema do tipo "use after free" (utilização após libertação de memória) através da gestão melhorada da memória.

CVE-2017-2471: Ivan Fratric do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar uma execução universal de scripts entre sites

Descrição: existia um problema de lógica no processamento de frames. Este problema foi resolvido através da gestão melhorada do estado.

CVE-2017-2475: lokihardt do Google Project Zero

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá exfiltrar dados de origens cruzadas

Descrição: existia um problema de validação no processamento de elementos. Este problema foi resolvido através da validação melhorada.

CVE-2017-2479: lokihardt do Google Project Zero

Entrada adicionada a 28 de março de 2017

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá exfiltrar dados de origens cruzadas

Descrição: existia um problema de validação no processamento de elementos. Este problema foi resolvido através da validação melhorada.

CVE-2017-2480: lokihardt do Google Project Zero

CVE-2017-2493: lokihardt do Google Project Zero

Entrada atualizada a 24 de abril de 2017

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: aceder a um site malicioso poderá provocar a falsificação dos conteúdos na barra de endereço

Descrição: foi resolvido um problema de inconsistência da interface de utilizador através da gestão melhorada do estado.

CVE-2017-2486: um investigador anónimo

Entrada adicionada a 30 de março de 2017

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: uma aplicação poderá conseguir executar um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2017-2392: Max Bazaliy da Lookout

Entrada adicionada a 30 de março de 2017

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2017-2457: lokihardt do Google Project Zero

Entrada adicionada a 30 de março de 2017

WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2017-7071: Kai Kang (4B5F5F4B) do Xuanwu Lab da Tencent (tencent.com) em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro 

Entrada adicionada a 23 de agosto de 2017

Enlaces de JavaScript do WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá exfiltrar dados de origens cruzadas

Descrição: existiam vários problemas de validação no processamento do carregamento de páginas. Este problema foi resolvido através da lógica melhorada.

CVE-2017-2442: lokihardt do Google Project Zero

Inspetor web do WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: fechar uma janela em pausa no depurador poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2017-2377: Vicki Pfau

Inspetor web do WebKit

Disponível para: OS X Yosemite v10.10.5, OS X El Capitan v10.11.6 e macOS Sierra 10.12.4

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2017-2405: Apple

Agradecimentos adicionais

Safari

Gostaríamos de agradecer à Flyin9 (ZhenHui Lee) pela sua ajuda.

WebKit

Gostaríamos de agradecer a Yosuke HASEGAWA da Secure Sky Technology Inc. pela sua ajuda.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: