Sobre a privacidade e a segurança de produtos Apple na educação

Na Apple, acreditamos que a privacidade é um direito humano fundamental; por isso, cada produto Apple é pensado desde o início com a intenção de proteger informações pessoais e capacitar cada cliente a escolher o que deseja compartilhar e com quem. É por isso que todos os nossos produtos, inclusive os que foram desenvolvidos para a educação, têm recursos e controles de privacidade integrados. Desenvolvemos nossos produtos para limitar a coleta e o uso de dados, usar o processamento no dispositivo sempre que possível e fornecer transparência e controle sobre como as informações são compartilhadas.

Leia e use os botões abaixo para saber mais sobre nossos apps e serviços para instituições de ensino, saber como protegemos os dados dos alunos e consultar outras informações e recursos para pais e instituições de ensino.

Apps e serviços para instituições de ensino

A Apple desenvolveu ferramentas sofisticadas especialmente para serem usadas em instituições de ensino, oferecer suporte aos administradores com suas implantações e os fluxos de trabalho dos professores em sala de aula, bem como proporcionar uma experiência de aprendizagem personalizada para cada aluno.

  • O Apple School Manager é um serviço gratuito baseado em web que ajuda os gerentes de tecnologia a implantar o iPad e o Mac em instituições de ensino, criar contas de ID Apple gerenciado para alunos e funcionários, definir listas de classes para os apps Projeto Escolar e Sala de Aula, ativar o registro de desempenho no Projeto Escolar e gerenciar apps e livros para ensino e aprendizagem. O Apple School Manager é a base para os apps e serviços da Apple Education. 
  • ID Apple gerenciado as instituições de ensino criam, controlam e são proprietárias de contas fornecidas aos alunos para que eles acessem recursos como iCloud Drive, Fototeca do iCloud, backup, o Projeto Escolar e iPad compartilhado. Assim, os alunos podem acessar os materiais de aprendizagem e o trabalho que criaram a partir de qualquer dispositivo. 
  • iPad compartilhado é um recurso que permite que vários alunos acessem o mesmo iPad, enquanto garante uma experiência personalizada de aprendizagem e mantém os dados de cada aluno protegidos e seguros. 
  • Projeto Escolar permite que professores e alunos compartilhem e recebam materiais com instruções, revisem o desempenho dos alunos e forneçam comentários instantâneos, possibilitando que os professores personalizem as instruções. O app Projeto Escolar proporciona uma visão clara sobre o desempenho dos alunos em suas tarefas; por isso, o professor sempre saberá se o aluno precisa de mais desafios ou ajuda. Os alunos têm um lugar para ver as tarefas, enviar trabalhos e visualizar seu próprio desempenho. 
  • Sala de Aula permite que os professores gerenciem os dispositivos iPad dos alunos em sala de aula, ajudando-os a orientar os alunos em uma tarefa abrindo apps e links para eles. Os professores podem enviar e receber documentos facilmente para toda a classe e ficar atentos ao trabalho de um aluno ao visualizar a tela dele.
  • iTunes U ajuda os professores a criar e proporcionar atividades envolventes para a classe, além de permitir que qualquer pessoa com um iPhone ou iPad aprenda a partir de uma vasta coleção de conteúdo educativo das principais escolas, universidades e instituições culturais.

Os poderosos apps de produtividade e criatividade no iPad e Mac ajudam os alunos a se expressar de maneiras únicas.

  • Pages, Numbers e Keynote são perfeitos para que alunos e professores criem relatórios e livros incríveis, planilhas funcionais e apresentações deslumbrantes. Os alunos podem trabalhar de modo individual ou usar a colaboração em tempo real e trabalhar em conjunto em um projeto.
  • GarageBand, iMovie e Clips permitem que alunos e professores componham músicas, editem documentários ou gravem clipes curtos de vídeo.
  • Swift Playgrounds no iPad faz com que começar a usar a Swift – nossa incrível linguagem de programação – seja divertido e interativo. E o vasto currículo Everyone Can Code  inclui aulas no iPad e no Mac, guias para professores e apps para que seja mais fácil ensinar a programar. Porque acreditamos que programar é uma habilidade fundamental. Aprender a programar ensina os alunos a resolver problemas e a trabalhar em conjunto de maneiras criativas. E também os ajuda a construir apps que transformam as ideias deles em realidade. 

Saiba mais sobre os produtos Apple para educação.

Como protegemos os dados dos alunos

Acreditamos que a privacidade é um direito humano fundamental. Protegemos a privacidade de todos os clientes que usam nossos produtos. Os locais para onde levam o iPad, os sites que acessam e os apps que usam são informações pessoais que não queremos e que são desnecessárias para proporcionar experiências incríveis. É por isso que todos os nossos produtos, incluindo aqueles criados para educação, como Apple School Manager, Sala de Aula e IDs Apple gerenciados têm recursos e controles de privacidade integrados. Não vendemos as informações dos alunos e nunca as compartilhamos com terceiros para usá-las para marketing ou propaganda. E nunca criamos perfis com base nos dados de navegação ou no e-mail de um aluno.

Leia o documento Visão geral de privacidade para pais

Dados dos alunos associados a apps e serviços para educação da Apple

Quando as instituições de ensino usam o Apple School Manager para autorizar o acesso dos alunos aos serviços, a Apple age como um processador de dados em nome da instituição. A propriedade e o controle dos dados dos alunos continua sendo da instituição de ensino.

A Apple somente recebe e processa os dados dos alunos em nome da instituição de ensino, conforme as orientações da própria instituição. E quando as instituições de ensino nos confiam as informações pessoais de seus alunos, eles podem ter certeza de que elas serão usadas somente para fins educativos. Não criamos perfis de alunos com base no comportamento online deles e nunca venderemos informações de alunos para finalidade alguma.

Apple School Manager, o portal administrativo da Apple para TI, foi desenvolvido levando em conta a privacidade do aluno. Por exemplo, os administradores podem definir contas gerenciadas do ID Apple e listas de turmas no Apple School Manager importando poucos dados, como o nome do aluno e as disciplinas em que ele está matriculado. Outras informações do aluno que a instituição de ensino possa ter em seu sistema não serão importadas, exceto se a instituição optar especificamente por fazer isso.

Cada ID Apple gerenciado criado no Apple School Manager pode ter as seguintes informações associadas a ele, e elas podem ser visualizadas pela instituição de ensino na lista de contas ou quando uma conta for selecionada no Apple School Manager:

  • Um ID alfanumérico exclusivo para a conta, nome e sobrenomes, local atribuído da instituição de ensino, aulas matriculadas, função (ex.: aluno, professor, administrador, etc.), fonte dos dados (importação SiS, criação manual, etc.) data de criação e modificação, nível escolar (se fornecido), endereço de e-mail (se fornecido).
  • Saiba mais sobre IDs Apple gerenciados.

Projeto Escolar ajuda os professores a compartilhar materiais com instruções e a compreender melhor o desempenho dos alunos nos apps e livros usados com eles. O Projeto Escolar usa as informações da lista de classe e as do aluno definidas pelos administradores no Apple School Manager. Opcionalmente, a instituição de ensino pode permitir o registro de desempenho do aluno com o Projeto Escolar no Apple School Manager, para que os desenvolvedores dos apps possam compartilhar o progresso dos alunos de modo privado e seguro com os professores; como a leitura de um capítulo em um livro, a conclusão de um conjunto de equações matemáticas ou realização de um teste atribuído nos ambientes gerenciados da instituição de ensino. Estes dados permitem que alunos e professores compreendam melhor o progresso da aprendizagem nas atividades atribuídas e permite que os professores ofereçam atividades de extensão ou ajuda adicional com base nas necessidades do aluno.

As informações de desempenho compartilhadas com o professor ao usar o Projeto Escolar para atribuir atividades dependem do tipo de dado gerado pelo app participante; que poderão incluir: Tempo gasto, Timers de início e fim; Pontuação do teste; Progresso alcançado, Pontos ganhos e um valor binário como Sim/Não, Verdadeiro/Falso ou Completo/Incompleto.

O documento Visão geral de privacidade e segurança de dados para escolas fornece outros detalhes sobre como a Apple lida com os dados e a privacidade dos alunos para IDs Apple gerenciados e recursos educacionais relacionados.

Proteções de privacidade dos dados dos alunos

Os produtos e serviços Apple para educação são criados com a mesma abordagem integrada da privacidade que são essenciais a todo hardware, software e serviços desenvolvidos pela Apple. Não criamos perfis de alunos com base no comportamento online deles e nunca venderemos informações de alunos para finalidade alguma. Usamos processamento local sempre que possível, com a menor quantidade de dados necessária para ativar nossos recursos e serviços, além de proporcionarmos transparência e controle sobre como as informações são compartilhadas.

Por exemplo, quando os alunos veem sugestões QuickType ao digitar uma mensagem para o professor, elas são ativadas pela inteligência do dispositivo, e não é necessário enviar dados aos nossos servidores. Quando um professor visualiza a tela de um aluno no app Sala de Aula, ou quando um aluno conclui uma tarefa com relatório de desempenho no Projeto Escolar, o aluno vê uma notificação na parte superior da tela para garantir a transparência. E quando os alunos usam os IDs Apple gerenciados para colaborar em documentos do Pages, Numbers ou Keynote, eles só poderão trabalhar com outros usuários da instituição de ensino deles. 

Os IDs Apple gerenciados que os alunos usam na instituição de ensino para iniciar uma sessão nos dispositivos, acessar materiais de aprendizagem e usar os principais serviços do iCloud são desenvolvidos especificamente para proteger a privacidade do aluno, inclusive as limitações de compras e comunicações. As compras individuais da App Store, iBooks Store, iTunes e Apple Music estão desativadas, e os materiais e apps de aprendizagem são distribuídos pela instituição de ensino. A instituição de ensino é proprietária das informações dos alunos e as controla. Além disso, ela pode escolher ativar ou desativar serviços como iMessage, FaceTime ou registro de desempenho do aluno com o app Projeto Escolar.

O Projeto Escolar foi desenvolvido para proteger a privacidade do aluno. Quando uma instituição de ensino ativa o relatório de desempenho do Projeto Escolar no Apple School Manager, as informações de desempenho do aluno são compartilhadas apenas para as atividades que o professor tiver atribuído com a opção Material usando o app Projeto Escolar e somente quando os alunos estiverem usando o ID Apple gerenciado criado para ele pela instituição, no dispositivo. O desempenho do aluno em atividades não atribuídas não será compartilhado ou exibido. Por exemplo, se o professor atribuir como tarefa que os alunos leiam o prólogo de Romeu e Julieta no iBooks e o aluno também ler O Grande Gatsby, o aluno e o professor verão os dados de desempenho apenas para o Prólogo porque essa foi a leitura atribuída. Para garantir a transparência quando o registro de desempenho estiver ativo, os alunos verão uma notificação indicando que o desempenho deles está sendo registrado.

Na App Store, a Apple exige que os desenvolvedores de app concordem com orientações específicas desenvolvidas para proteger a privacidade e a segurança do usuário. Acrescentamos requisitos para todos os desenvolvedores que adotam nossa estrutura para os relatórios de desempenho do aluno com o app Projeto Escolar, chamado ClassKit. Além de nossos requisitos padrão para publicar um app na App Store, exigimos que os desenvolvedores adotem o ClassKit apenas se usarem o ClassKit para fornecer serviços educacionais. Eles não devem apresentar anúncios comportamentais e também devem fornecer uma política de privacidade adequada que aborde todo o uso de informações pessoais. 

Saiba mais sobre o Compromisso da Apple com a privacidade

O documento Visão geral de privacidade e segurança de dados para escolas fornece outros detalhes sobre como a Apple lida com os dados e a privacidade dos alunos para IDs Apple gerenciados e recursos educacionais relacionados.

O documento Guia de privacidade para os pais pode ajudar pais e responsáveis a compreender como a Apple ajuda a proteger a privacidade das informações dos alunos.

O documento Contrato do Apple School Manager define os termos e as condições sobre a coleta e o armazenamento de informações de alunos, incluindo cláusulas específicas sobre a privacidade de dados para clientes da área de educação. 

Proteções de segurança dos dados dos alunos

Todos os dados dos alunos enviados pela instituição para a Apple são criptografados em repouso e em trânsito. A Apple mantém as chaves de criptografia em nossos centros de dados protegidos.

Os arquivos armazenados no iPad ou Mac, como anotações de exemplos, documentos ou projetos criativos, são protegidos por criptografia. A criptografia é ativada automaticamente no iPad, no qual uma chave de criptografia exclusiva é gerada a partir do código do usuário para proteger os dados no nível do arquivo com criptografia AES 256 bits.No Mac, a criptografia pode ser ativada com o FileVault. 

O iCloud, serviço de nuvem da Apple, protege os dados do usuário ao criptografá-los com o protocolo de rede protegido TLS 1.2 para fornecer integridade e privacidade dos dados quando enviados pela internet, armazenando-os em formato criptografado quando mantidos no servidor e usando tokens seguros para autenticação. Isso significa que os dados dos alunos estão protegidos contra o acesso não autorizado tanto ao serem transmitidos para os dispositivos quanto para o armazenamento no iCloud. O iCloud usa, no mínimo, criptografia AES de 128 bits (o mesmo nível de segurança usado pelas grandes instituições financeiras) e nunca fornece chaves de criptografia para terceiros. A Apple mantém as chaves de criptografia em nossos centros de dados protegidos. O iCloud também armazena senhas e credenciais de modo que a Apple não possa ler ou acessá-las.

Saiba mais sobre Segurança e privacidade do iCloud .

Retenção e armazenamento de dados dos alunos

A Apple armazena dados do Apple School Manager, IDs Apple gerenciados, Projeto Escolar, iTunes U e iCloud em centros de dados protegidos sujeitos a rígidos padrões e requisitos de armazenamento de dados. Recebemos a certificação ISO 27001, um dos mais amplamente reconhecidos e internacionalmente aceitos padrões de segurança independentes para sistemas e infraestruturas em nuvem e a certificação ISO 27018 , o padrão internacional para a proteção de informações de identificação pessoal (PII) em serviços públicos de nuvem. 

Funcionários autorizados da instituição podem criar e apagar IDs Apple gerenciados no Apple School Manager conforme o necessário, e todas as informações vinculadas às contas apagadas serão excluídas dos servidores da Apple dentro de 30 dias.

Os dados de desempenho do aluno coletados pelo app Projeto Escolar serão armazenados até o aluno sair de uma disciplina, de acordo com a lista de classe do Apple School Manager. Quando um aluno sai de uma disciplina, os dados dele referentes a essa disciplina são apagados. Um dos pais também pode solicitar que a instituição de ensino desative o relatório de desempenho no Projeto Escolar para o seu filho. Neste caso, os dados registrados anteriormente para todas as disciplinas serão apagados. Os dados apagados pela instituição de ensino desta maneira serão excluídos dos servidores da Apple dentro de 30 dias.

E quando a instituição de ensino desejar interromper o uso do Apple School Manager, todos os dados relevantes dos alunos serão apagados dentro de no máximo 180 dias.

Controles de dados de localização

A Apple fornece controle granular aos usuários sobre como os dados de localização são gerenciados e compartilhados com apps e serviços baseados em nuvem. Os Serviços de Localização são desativados por padrão, mas podem ser ativados pelo aluno caso isso seja permitido pela instituição. 

Os apps integrados da Apple como Mapas, Tempo ou Câmera também precisam solicitar permissão para coletar e usar dados que indiquem a localização. Os dados de localização coletados pela Apple são coletados de maneira que não identificam pessoalmente o aluno. Outros apps disponibilizados pela instituição também precisam solicitar permissão para acessar os dados de localização. Os alunos, assim como todos os nossos clientes, podem aprovar e recusar o acesso para cada app que solicitar o uso do serviço.

Sempre que um app no iPad estiver usando os Serviços de Localização, um ícone de seta aparecerá na barra de menus para indicar que a localização está sendo compartilhada. 

A localização de um usuário geralmente não está disponível para uma instituição de ensino por meio dos recursos e serviços da Apple. No entanto, os Serviços de Localização podem ser usados para ajudar uma instituição a recuperar um dispositivo perdido ou roubado. No dispositivo de uma instituição de ensino, um administrador de MDM pode ativar remotamente o Modo Perdido. Quando o Modo Perdido está ativado, a sessão do usuário atual é encerrada, e o dispositivo não pode ser desbloqueado. A tela exibe uma mensagem que o administrador pode personalizar, como mostrar um número de telefone para contato caso o dispositivo seja encontrado. Quando o dispositivo é colocado no Modo Perdido, o administrador pode solicitar que o dispositivo envie a localização atual de volta para o servidor de MDM. Quando o administrador desativa o Modo Perdido de um dispositivo, a localização do dispositivo será enviada e o usuário será informado sobre esta ação. 

Acesso a dados dos alunos a partir de apps e serviços da Apple

Apple School Manager permite controles de acesso otimizados, no qual pessoas diferentes recebem privilégios diferentes com base em sua função (aluno, instrutor, gerente, administrador). Os gerentes e administradores autorizados pela instituição podem criar novas contas, definir funções e permissões, além de visualizar informações como os nomes e as disciplinas cadastradas para as contas existentes. Eles também podem redefinir senhas e auditar as contas quando for necessário.

IDs Apple gerenciados podem fazer com que os funcionários autorizados pela instituição realizem auditorias em contas de alunos a critério da instituição. Esse recurso mantém um protocolo rígido que registra todas as auditorias. Ele funciona por fornecer privilégios de auditoria a um administrador, gerente ou professor no Apple School Manager, o portal de TI da Apple. As permissões para auditoria expiram após oito horas. Durante o período da auditoria, o auditor pode acessar o conteúdo armazenado do usuário no iCloud ou nos apps que armazenam dados no iCloud. O auditor também pode ver os dados de desempenho coletados no app Projeto Escolar. Quando uma conta é auditada pela instituição de ensino, a ação é registrada e marcada com data e hora com as credenciais do auditor, visível para os administradores e gerentes do Apple School Manager. Se necessário, os pais podem coordenar com a administração da instituição a auditoria da conta do aluno.

No Projeto Escolar, apenas o aluno e os professores indicados como instrutores de um curso em que o aluno está matriculado—de acordo com os dados da lista da instituição no Apple School Manager — terão acesso às informações de desempenho do aluno e apenas se a instituição tiver ativado o registro de progresso do aluno no Apple School Manager. Cada aluno pode acessar apenas seus próprios dados e cada professor pode acessar apenas os dados de desempenho das atividades atribuídas para a disciplina em que dá aula. 

Com o Sala de Aula, os dispositivos iPad dos alunos podem ser gerenciados apenas quando estiverem em aula e nenhum dado é armazenado após o término da aula. O professor e os alunos precisam estar próximos, conectados a mesma rede Wi-Fi e com uma sessão ativa de aula. O professor não pode gerenciar ou visualizar os dispositivos dos alunos fora da sala de aula. Para garantir a transparência quando o Visualizador de tela estiver ativado para a tela de um aluno em aula, uma notificação na parte superior da tela indicará que a tela está sendo visualizada. Um aluno pode acessar os detalhes de um professor específico ao visualizar a tela dele em Ajustes no iPad. As instituições também podem optar por desativar o Visualizador de tela caso prefiram que os professores não vejam as telas dos alunos.

Os pais optam por não registrar o desempenho do filho

Um dos pais pode pedir para a instituição desativar os recursos de relatório de desempenho do app Projeto Escolar em todas as disciplinas. Os dados coletados anteriormente para esse aluno serão apagados. O aluno ainda poderá participar das atividades atribuídas com o app Projeto Escolar se desejado, mas o desempenho dele não será registrado.

Limites sobre a publicidade

Os apps de educação da Apple, como o Sala de Aula e o Projeto Escolar, não contêm anúncios. Os apps de criatividade e produtividade como Pages, Numbers, Keynote, Clips, iMovie e GarageBand também não.

O controle da Apple "Limitar Publicidade Rastreada" está ativado para todos os IDs Apple gerenciados. Isso garante que, embora os alunos com IDs Apple gerenciados possam ver anúncios contextuais ao navegar no Apple News ou na App Store, a publicidade nunca será direcionada pelo uso das informações deles.

Os apps da categoria Crianças da App Store e os apps que usam o ClassKit para registrar o desempenho do aluno no app Projeto Escolar estão proibidos de apresentar anúncios comportamentais aos alunos.

Contratos legais entre a instituição, a Apple e os desenvolvedores de apps sobre a coleta e o armazenamento de informações de alunos

O documento Contrato do Apple School Manager define os termos sobre a coleta e o armazenamento de informações de alunos pela Apple, incluindo cláusulas específicas sobre a privacidade de dados para clientes da área de educação. De acordo com o contrato, a Apple age como o processador de dados a respeito dos dados criados no Apple School Manager e Projeto Escolar. 

Embora a Apple tenha orientações rígidas para desenvolvedores para os apps usados nas instituições, as instituições de ensino devem avaliar os apps considerados para uso em sala de aula em relação a sua política de privacidade para garantir a conformidade com as políticas e obrigações legais da instituição.

Na App Store, a Apple exige que os desenvolvedores de app concordem com orientações específicas desenvolvidas para proteger a privacidade e a segurança do usuário. Acrescentamos requisitos para todos os desenvolvedores que adotam nossa estrutura ClassKit para o registro de desempenho do aluno. Além de nossos requisitos padrão para publicar um app na App Store, exigimos que os desenvolvedores adotem o ClassKit apenas se utilizarem o ClassKit para fornecer serviços educacionais. Eles não devem apresentar anúncios comportamentais e também devem fornecer uma política de privacidade adequada sobre todo o uso de informações pessoais.

E, embora qualquer app usado pela instituição possa gerar dados de desempenho do aluno como pontuações de testes ou progresso de leitura, os dados são compartilhados apenas com a Apple por apps que adotaram o ClassKit e apenas para instituições que ativaram explicitamente o registro de desempenho do aluno para sua instituição. 

Divulgação de dados de alunos a terceiros

A Apple nunca venderá informações de alunos e elas nunca serão compartilhadas para que terceiros as usem para marketing ou publicidade. Nunca criamos perfis de alunos com base no comportamento online deles e não coletamos, usamos ou divulgamos informações de alunos além daquelas fornecidas aos serviços educacionais relevantes. 

Os apps que registram o desempenho do aluno com o Projeto Escolar não têm acesso às informações pessoais do aluno pela Apple. Os dados de desempenho gerados pelo app participante, como respostas de perguntas de teste ou o progresso alcançado ao ler o capítulo de um livro, podem ser compartilhados apenas com o Projeto Escolar para as atividades atribuídas usando nossa nova estrutura do ClassKit e apenas se ativados pela instituição de ensino. No entanto, independentemente do relatório de desempenho do aluno no Projeto Escolar, as instituições podem optar por fornecer as informações do aluno a um desenvolvedor para definir contas de aluno e acessar certos apps. 

Privacidade do aluno em conformidade com as leis

As instituições podem usar os recursos e serviços da Apple para educação em conformidade com suas obrigações sob as leis COPPA e FERPA nos Estados Unidos e outras leis de privacidade de dados pertinentes nas jurisdições em que o Apple School Manager estiver disponível. 

Atenderemos também às exigências do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (RGPD), o conjunto de leis da União Europeia que regula a privacidade e o controle do usuário sobre seus dados que entrará em vigor em maio de 2018. 

A Apple armazena dados do Apple School Manager, IDs Apple gerenciados, Projeto Escolar, iTunes U e iCloud em centros de dados protegidos sujeitos a rígidos padrões e requisitos de armazenamento de dados. Recebemos as certificações ISO 27001 & 27018 por implementar um Sistema de Gestão de Segurança da Informação com medidas para proteger dados PII em ambientes públicos de nuvem.

Para reforçar ainda mais o compromisso com a privacidade, a Apple assinou o Student Privacy Pledge (Compromisso de privacidade do aluno) introduzido pelo Future of Privacy Forum (FPF) e pela Software & Information Industry Association (SIIA).

Outras informações para instituições de ensino e pais

Saiba mais sobre outros recursos da Apple e outras organizações. 

Gerenciamento de dispositivo de aluno para instituições de ensino

Para oferecer suporte ao ambiente de aprendizagem e manter os alunos concentrados em aprender, as instituições de ensino podem usar o software de gerenciamento de dispositivos móveis (MDM) para dispositivos de propriedade de instituições de ensino, assim como os dispositivos de alunos que são levados à instituição. O MDM facilita para os administradores da instituição de ensino a configuração dos ajustes e as políticas do dispositivo para acesso à rede, conteúdo seguro de internet, atualizações de software e muito mais, além de distribuir os apps e livros que os alunos usam para aprender.

Assim, a instituição pode garantir que os dispositivos estão configurados para obter a melhor experiência de aprendizagem, seguros para usar e sem distrações provocadas por apps e sites que a instituição de ensino não aprova. 

Se a instituição de ensino for proprietária do dispositivo do aluno, ajustes, restrições e apps para iPad e Mac podem ser configurados com software de MDM ou com o Apple Configurator, e os dispositivos podem ser supervisionados para que os ajustes não sejam removidos. Se o aluno trouxer seu próprio dispositivo para a instituição de ensino, ele deverá optar por ativar o software de gerenciamento da instituição antes que o dispositivo possa ser gerenciado. Neste caso, como o dispositivo não é propriedade da instituição, os ajustes de MDM do dispositivo podem ser removidos a qualquer momento por um pai ou aluno.

Como avaliar a privacidade e a segurança dos apps para a sala de aula

Ao selecionar apps para usar na instituição de ensino, além do valor educacional, é importante que as instituições avaliem de que maneira um app considerado para uso em sala de aula lida com os dados dos alunos.

Qualquer app considerado deverá ter uma política de privacidade que descreva de modo transparente e em linguagem clara a forma como o desenvolvedor lida com os seguintes aspectos:

  • Uma descrição dos tipos de dados coletados e, idealmente, as medidas implementadas para minimizar a coleta de dados. Por exemplo, talvez um app de quadro interativo não precise acessar a localização do usuário, enquanto que um app de mapeamento acesse.
  • Os dados serão armazenados fora do país de origem? De que maneira o desenvolvedor garante que os centros de dados são seguros e evitam a violação de dados? 
  • Alguns ou todos os dados são criptografados ao serem armazenados? A transferência dos dados é feita usando métodos criptografados como HTTPS conforme exigido pelo App Transport Security da Apple?
  • O desenvolvedor utiliza os dados do app apenas com fins educativos explícitos (ex. não utiliza para publicidade ou criação de perfis)?
  • O desenvolvedor compartilha dados com terceiros? Com qual finalidade?
  • O desenvolvedor assinou o Student Privacy Pledge (Compromisso de privacidade do aluno)?

Recursos da instituição para comunicação de práticas de segurança e privacidade com os pais

A Apple desenvolveu um kit de comunicação para ajudar os líderes das instituições a se comunicarem com toda a comunidade de alunos sobre a iniciativa de aprendizagem com a Apple. O kit inclui modelos para uma apresentação personalizada do Keynote que os líderes da instituição podem usar durante reuniões com os pais ou a diretoria para contar a história da iniciativa, desde sua visão para aprendizagem com tecnologia ao planejamento e a execução, bem como as estratégias para manter os alunos seguros enquanto usam essa tecnologia. 

As instituições de ensino também podem distribuir o documento Guia de privacidade para os pais para ajudar pais e responsáveis a compreender como a Apple ajuda a proteger a privacidade das informações dos alunos.

Opções dos pais para a configuração do iPad e Mac para os filhos

Os pais podem usar as restrições, também conhecidas como controles parentais, para bloquear ou limitar apps e recursos específicos nos dispositivos dos filhos. Por exemplo, os pais podem restringir conteúdo como filmes ou músicas de acordo com as classificações etárias, bloquear certos apps ou sites e restringir o compartilhamento de dados privados, como a localização da criança. 

Geralmente as instituições de ensino usam perfis de configuração que podem ativar restrições semelhantes de acordo com a política de tecnologia da instituição. Para saber se o dispositivo tem um perfil, acesse Ajustes > Geral > Perfis. Entre em contato com o administrador ou com a pessoa que configurou o perfil para obter mais informações.

Leia mais sobre as ferramentas fornecidas para ajudar os pais a escolher o que os filhos podem fazer com os dispositivos em nossa página para as Famílias.

Recursos para ajudar as crianças a se tornarem bons cidadãos digitais 

Existem muitos recursos disponíveis para ajudar os alunos a se tornarem bons cidadãos digitais e para orientar as instituições de ensino e os pais. Por exemplo, a Common Sense Media tem materiais tanto para os pais quanto para as instituições de ensino. Os pais e os alunos também devem consultar a política de tecnologia da instituição sobre uso aceitável, e-mail, armazenamento e carregamento de dispositivos, acesso de conteúdo e apps, entre outros. 

Na Apple Store, é possível frequentar sessões gratuitas para pais e filhos como parte do programa Today at Apple.

A ONG Common Sense Media fornece um Programa de Cidadania Digital para instituições de ensino.

O Future Privacy Forum fornece um Guia dos pais para privacidade dos alunos.

 

As informações sobre produtos não fabricados pela Apple, ou sites independentes não controlados nem testados pela Apple, são fornecidas sem recomendação ou endosso. A Apple não assume responsabilidade alguma com relação à escolha, ao desempenho ou ao uso de sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a confiabilidade de sites de terceiros. Os riscos são inerentes ao uso da internet. Entre em contato com o fornecedor para obter mais informações. Nomes de outras empresas e produtos podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários.

Data da publicação: