Acerca dos conteúdos de segurança do tvOS 10

Este documento descreve os conteúdos de segurança do tvOS 10.

Acerca das atualizações de segurança da Apple

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação e não estiverem disponíveis as correções ou versões necessárias. Os lançamentos recentes são apresentados na página Atualizações de segurança da Apple.

Para obter mais informações acerca da segurança, consulte a página Segurança dos produtos Apple. Pode cifrar comunicações com a Apple através da Chave PGP de segurança dos produtos Apple.

Sempre que possível, os documentos de segurança da Apple designam as vulnerabilidades através de ID CVE.

tvOS 10

Data de lançamento: 13 de setembro de 2016

Áudio

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: um atacante remoto poderá conseguir executar um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2016-4702: YoungJin Yoon, MinSik Shin, HoJae Han, Sunghyun Park e Taekyoung Kwon da Information Security Lab, Universidade de Yonsei

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

CFNetwork

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá comprometer as informações do utilizador

Descrição: existia um problema de validação da entrada na análise do cabeçalho definido por cookies. Este problema foi resolvido através da verificação melhorada da validação.

CVE-2016-4708: Dawid Czagan da Silesia Security Lab

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

CoreCrypto

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir executar um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de escrita fora dos limites através da remoção do código vulnerável.

CVE-2016-4712: Gergo Koteles

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

FontParser

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de um tipo de letra criado com intuito malicioso poderá provocar a divulgação da memória de processamento

Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo do buffer no processamento de ficheiros de tipo de letra. Este problema foi resolvido através da verificação melhorada dos limites.

CVE-2016-4718: Apple

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

IOAcceleratorFamily

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá originar a divulgação da memória de processamento

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através da validação melhorada da entrada.

CVE-2016-4725: Rodger Combs da Plex, Inc.

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

IOAcceleratorFamily

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2016-4726: um investigador anónimo

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

Kernel

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: um atacante remoto poderá conseguir provocar uma recusa de serviço

Descrição: foi resolvido um problema de processamento de bloqueio através do processamento melhorado do bloqueio.

CVE-2016-4772: Marc Heuse da mh-sec

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

Kernel

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir determinar o esquema de memória do kernel

Descrição: existiam vários problemas de leitura fora dos limites que levavam à divulgação da memória do kernel. Estes problemas foram resolvidos através da validação melhorada da entrada.

CVE-2016-4773: Brandon Azad

CVE-2016-4774: Brandon Azad

CVE-2016-4776: Brandon Azad

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

Kernel

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: um utilizador local poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2016-4775: Brandon Azad

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

Kernel

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foi resolvido um problema de desreferenciação do indicador não fidedigno através da remoção do código afetado.

CVE-2016-4777: Lufeng Li da Equipa Vulcan da Qihoo 360

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

Kernel

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: uma aplicação poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2016-4778: CESG

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

libxml2

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: existiam vários problemas no libxml2, o mais grave dos quais poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2016-4658: Nick Wellnhofer

CVE-2016-5131: Nick Wellnhofer

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

libxslt

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foi resolvido um problema de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2016-4738: Nick Wellnhofer

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

Segurança

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: uma aplicação maliciosa poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do sistema

Descrição: existia um problema de validação em imagens de disco assinadas. Este problema foi resolvido através da validação de tamanho melhorada.

CVE-2016-4753: Mark Mentovai da Google Inc.

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

WebKit

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: existia um problema de análise no processamento de protótipos de erros. Este problema foi resolvido através da validação melhorada.

CVE-2016-4728: Daniel Divricean

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

WebKit

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através do processamento melhorado da memória.

CVE-2016-4611: Apple

CVE-2016-4730: Apple

CVE-2016-4734: Natalie Silvanovich do Google Project Zero

CVE-2016-4735: André Bargull

CVE-2016-4737: Apple

CVE-2016-4759: Tongbo Luo da Palo Alto Networks

CVE-2016-4766: Apple

CVE-2016-4767: Apple

CVE-2016-4768: um investigador anónimo em colaboração com o programa Zero Day Initiative da Trend Micro

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

WebKit

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através da gestão melhorada do estado.

CVE-2016-4733: Natalie Silvanovich do Google Project Zero

CVE-2016-4765: Apple

Entrada adicionada a 20 de setembro de 2016

WebKit

Disponível para: Apple TV (4.ª geração)

Impacto: o processamento de conteúdos web criados com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

Descrição: foram resolvidos vários problemas de corrupção de memória através da gestão melhorada do estado.

CVE-2016-4764: Apple

Entrada adicionada a 3 de novembro de 2016

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: