Acerca dos conteúdos de segurança do iOS 9.2.1

Este documento descreve os conteúdos de segurança do iOS 9.2.1.

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação completa e não estiverem disponíveis as correções ou versões necessárias. Para obter mais informações acerca da Segurança dos produtos Apple, consulte o site Segurança dos produtos Apple.

Para obter informações sobre a chave PGP de segurança dos produtos Apple, consulte o artigo Como utilizar a chave PGP de segurança dos produtos Apple.

Sempre que possível, são utilizados ID CVE para designar as vulnerabilidades e disponibilizar mais informações.

Para obter mais informações sobre outras atualizações de segurança, consulte o artigo Atualizações de segurança da Apple.

iOS 9.2.1

  • Imagens de disco

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: um utilizador local poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

    Descrição: existia um problema de corrupção de memória na análise de imagens de disco. Este problema foi resolvido através do processamento melhorado da memória.

    ID CVE

    CVE-2016-1717: Frank Graziano da Equipa Pentest da Yahoo!

  • IOHIDFamily

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: um utilizador local poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

    Descrição: existia um problema de corrupção de memória na API IOHIDFamily. Este problema foi resolvido através do processamento melhorado da memória.

    ID CVE

    CVE-2016-1719: Ian Beer do Google Project Zero

  • IOKit

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: um utilizador local poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

    Descrição: um problema de corrupção de memória foi resolvido através do processamento melhorado da memória.

    ID CVE

    CVE-2016-1720: Ian Beer do Google Project Zero

  • Kernel

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: um utilizador local poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios do kernel

    Descrição: um problema de corrupção de memória foi resolvido através do processamento melhorado da memória.

    ID CVE

    CVE-2016-1721: Ian Beer do Google Project Zero e Ju Zhu da Trend Micro

  • libxslt

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: visitar um site criado com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

    Descrição: existia um problema de confusão de tipos no libxslt. Este problema foi resolvido através do processamento melhorado da memória.

    ID CVE

    CVE-2015-7995: puzzor

  • syslog

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: um utilizador local poderá conseguir executar um código arbitrário com privilégios de raiz

    Descrição: um problema de corrupção de memória foi resolvido através do processamento melhorado da memória.

    ID CVE

    CVE-2016-1722: Joshua J. Drake e Nikias Bassen da Zimperium zLabs

  • WebKit

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: visitar um site criado com intuito malicioso poderá provocar a execução de um código arbitrário

    Descrição: existiam vários problemas de corrupção de memória no WebKit. Estes problemas foram resolvidos através do processamento melhorado da memória.

    ID CVE

    CVE-2016-1723: Apple

    CVE-2016-1724: Apple

    CVE-2016-1725: Apple

    CVE-2016-1726: Apple

    CVE-2016-1727: Apple

  • WebKit CSS

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: os sites poderão saber se o utilizador acedeu a uma determinada ligação

    Descrição: existia um problema de privacidade no processamento do seletor CSS "a:visited button" ao avaliar a altura do elemento contido. Este problema foi resolvido através da validação melhorada.

    ID CVE

    CVE-2016-1728: um investigador anónimo com a coordenação de Joe Vennix

  • WebSheet

    Disponível para: iPhone 4s e posterior, iPod touch (5.ª geração) e posterior, iPad 2 e posterior

    Impacto: um portal cativo malicioso poderá aceder aos cookies do utilizador

    Descrição: existia um problema que permitia que determinados portais cativos lessem ou gravassem cookies. O problema foi resolvido através de uma pasta de cookies isolada para todos os portais cativos.

    ID CVE

    CVE-2016-1730: Adi Sharabani e Yair Amit da Skycure

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: