Como utilizar o Monitor de atividade no Mac

O Monitor de atividade mostra os processos que estão em execução no Mac, para que possa geri-los e ver como estes afetam a atividade e o desempenho do Mac.

Este artigo descreve algumas das funcionalidades frequentemente utilizadas do Monitor de atividade, um tipo de gestor de tarefas que lhe permite ver como as apps e outros processos estão a afetar a CPU, a memória, a energia, o disco e a utilização da rede.

Abra o Monitor de atividade na pasta Utilitários na pasta Aplicações ou utilize o Spotlight para o encontrar.

Visão geral

Os processos mostrados no Monitor de atividade podem ser apps do utilizador, apps do sistema utilizadas pelo macOS ou processos invisíveis executados em segundo plano. Utilize os separadores com as cinco categorias na parte superior da janela do Monitor de atividade para ver como os processos estão a afetar o seu Mac em cada categoria.

Adicione ou remova colunas em cada um destes painéis, selecionando Visualização > Colunas, na barra de menus. O menu Visualização também lhe permite escolher quais os processos que cada painel mostra:

  • Todos os processos
  • Todos os processos, hierarquicamente: processos que pertencem a outros processos, para que possa ver as relações entre eles.
  • Processos pessoais: processos que pertencem à sua conta de utilizador do macOS.
  • Processos do sistema: processos que pertencem ao macOS.
  • Processos de outros utilizadores: processos que não pertencem ao utilizador de raiz nem ao utilizador atual.
  • Processos activos: processos em execução que não estão em pausa.
  • Processos inactivos: processos em execução que estão em pausa.
  • Processos com janelas: processos que poderão criar uma janela. Estes normalmente dizem respeito a apps.
  • Processos selecionados: processos que selecionou na janela do Monitor de atividade.
  • Aplicações nas últimas 8 horas: apps que tiveram processos em execução nas últimas 8 horas.

CPU

O painel CPU mostra de que forma os processos afetam a atividade da CPU (do processador):

Painel CPU

Clique na parte superior da coluna "% CPU" para ordenar por percentagem de capacidade da CPU utilizada por cada processo. Estas informações, bem como as informações no painel Energia, podem ajudar a identificar os processos que estão a afetar o desempenho, a duração da bateria, a temperatura e a atividade da ventoinha do Mac.

Pode encontrar mais informações na parte inferior do painel CPU:

  • Sistema: a percentagem de capacidade da CPU a ser utilizada atualmente por processos do sistema, que são processos que pertencem ao macOS.
  • Utilizador: a percentagem de capacidade da CPU a ser utilizada atualmente por apps que abriu ou por processos que essas apps abriram.
  • Disponível: a percentagem de capacidade da CPU que não está a ser utilizada.
  • Carga da CPU: a percentagem de capacidade da CPU a ser utilizada atualmente por todos os processos do sistema e do utilizador. O gráfico avança da direita para a esquerda e as atualizações ocorrem a intervalos definidos em Visualização > Frequência de actualização. A cor azul mostra a percentagem de capacidade total da CPU a ser utilizada atualmente por processos do utilizador. A cor vermelha mostra a percentagem de capacidade total da CPU a ser utilizada atualmente por processos do sistema.
  • Subprocessos: o número total de subprocessos utilizados por todos os processos.
  • Processos: o número total de processos atualmente em execução.

Também pode ver a utilização da CPU ou GPU numa janela diferente ou na Dock:

  • Para abrir uma janela que mostre a atividade atual do processador, selecione Janela > Utilização da CPU. Para ver um gráfico com estas informações na Dock, selecione Visualização > Ícone na Dock > Mostrar utilização da CPU.
  • Para abrir uma janela que mostre a atividade recente do processador, selecione Janela > Histórico da CPU. Para ver um gráfico com estas informações na Dock, selecione Visualização > Ícone na Dock > Mostrar histórico da CPU.
  • Para abrir uma janela que mostre a atividade recente do processador gráfico (GPU), selecione Janela > Histórico de GPU. O consumo de energia relacionado com esta atividade está integrado nas medições de impacto de energia no separador Energia do Monitor de atividade.

Memória

O painel Memória mostra informações sobre a forma como a memória está a ser utilizada:

Painel Memória

Pode encontrar mais informações na parte inferior do painel Memória:

  • Défice de memória : o gráfico de défice de memória ajuda a mostrar a disponibilidade dos recursos de memória. O gráfico avança da direita para a esquerda e as atualizações ocorrem a intervalos definidos em Visualização > Frequência de actualização. O estado atual dos recursos de memória é indicado pela cor presente do lado direito do gráfico:   
    • Verde: os recursos da memória estão disponíveis. 
    • Amarelo: os recursos da memória estão disponíveis, mas estão a ser utilizados por processos de gestão de memória, como uma compressão.
    • Vermelho: já não existem recursos da memória disponíveis e o macOS está a utilizar a unidade de arranque como memória. Para fazer com que mais RAM fique disponível, pode terminar uma ou mais apps ou instalar mais RAM. Este é o principal indicador de que o seu Mac poderá estar a precisar de mais RAM.
  • Memória física: a quantidade de RAM instalada no seu Mac. 
  • Memória usada: a quantidade total de memória utilizada atualmente por todas as apps e processos do macOS.
    • Memória das aplicações: a quantidade total de memória utilizada atualmente por apps e pelos respetivos processos.
    • Memória integrada: a memória que não pode ser comprimida ou paginada na unidade de arranque e, por isso, tem de permanecer na RAM. A memória integrada utilizada por um determinado processo não pode ser utilizada por outros processos. A quantidade de memória integrada utilizada por uma app é determinada pelo programador da app. 
    • Comprimido: a quantidade de memória na RAM que é comprimida para permitir que exista mais memória RAM disponível para outros processos. Consulte a coluna de Memória comprimida para visualizar a quantidade de memória comprimida para cada processo.
  • Swap utilizado: o espaço utilizado na unidade de arranque pela gestão de memória do macOS. É normal ver aqui alguma atividade. O macOS tem recursos de memória disponíveis desde que o défice de memória não atinja o nível vermelho.
  • Ficheiros em cache: a memória que foi utilizada recentemente pelas apps e que se encontra disponível para ser utilizada por outras apps. Por exemplo, se tem estado a utilizar o Mail e saiu da aplicação, a RAM que o Mail estava a utilizar passa a fazer parte da memória utilizada pelos ficheiros em cache, que posteriormente ficará disponível para outras apps. Se voltar a abrir o Mail antes que a memória de ficheiros em cache seja utilizada (substituída) por outra app, o Mail irá abrir mais rapidamente porque essa memória é convertida de volta para a memória da app sem ter de carregar de novo os conteúdos a partir da unidade de arranque.

Para obter mais informações sobre a gestão de memória, consulte o site Apple Developer.

Energia

O painel Energia mostra a utilização global de energia e a energia utilizada por cada app:

  • Impacto energético: a medida relativa do consumo de energia atual de uma app. Quanto menores forem os números, melhor. Um triângulo do lado esquerdo do nome da app significa que essa app consiste em múltiplos processos. Clique no triângulo para ver os detalhes de cada processo.
  • Impacto energético médio: o impacto energético médio durante as últimas oito horas ou desde que o Mac iniciou, consoante o que corresponder a um período de tempo inferior. O impacto energético médio também é mostrado para apps que estiveram em execução durante esse tempo, mas que entretanto foram terminadas. Os nomes dessas apps ficam indisponíveis.
  • App Nap: as apps que suportam o App Nap consomem muito pouca energia quando estão abertas mas não estão a ser utilizadas. Por exemplo, uma app pode ficar em pausa quando está escondida atrás de outra janela ou quando está aberta num espaço que não está a visualizar naquele momento.
  • Impedir a pausa: indica se uma determinada app está a impedir o Mac de entrar no Modo de pausa.

Painel Energia

Pode encontrar mais informações na parte inferior do painel Energia:

  • Impacto energético: a medida relativa do consumo de energia total utilizado por todas as apps. O gráfico avança da direita para a esquerda e as atualizações ocorrem a intervalos definidos em Visualização > Frequência de actualização.
  • Placa gráfica: o tipo de placa gráfica utilizada. As placas gráficas de alto desempenho utilizam mais energia. Os Macs que suportam mudança automática de gráficos poupam energia utilizando gráficos integrados. Trocam para chip de gráficos de alto desempenho apenas quando necessário por parte de uma app. "Integrado" significa que o Mac utiliza atualmente gráficos integrados. "Alto-desempenho" significa que o Mac utiliza atualmente gráficos de alto desempenho. Para identificar as apps que estão a utilizar gráficos de alto desempenho, procure apps que mostrem "Sim" na coluna GPU de alto desempenho.
  • Nível da bateria: a percentagem de bateria que resta num portátil Mac.
  • Falta para carregar: o tempo que o seu portátil Mac deve ficar ligado à corrente para que fique totalmente carregado.
  • Ligado à corrente: o tempo que passou desde que o seu portátil Mac foi ligado à corrente.
  • Tempo que falta: o tempo de bateria aproximado que ainda tem no seu portátil Mac.
  • A usar a bateria: o tempo que passou desde que o portátil Mac foi desligado da tomada CA.
  • Bateria (últimas 12 horas): o nível de carga da bateria do seu portátil Mac nas últimas 12 horas. A cor verde mostra as horas em que o Mac obteve energia de um adaptador de corrente.

À medida que a utilização da energia aumenta, o tempo que um Mac consegue funcionar com a energia da bateria diminui. Se a duração da bateria do seu portátil Mac for menor do que é habitual, pode utilizar a coluna do Impacto energético médio para encontrar apps que estejam recentemente a utilizar mais energia. Feche essas apps se não precisar delas ou contacte o programador da app se reparar que a utilização de energia da mesma continua elevada, mesmo quando esta aparenta não estar a fazer nada.

Disco

O painel Disco mostra a quantidade de dados que cada processo leu a partir do disco e escreveu no mesmo. Mostra também "leituras recebidas" e "escritas enviadas" (IO), que correspondem ao número de vezes que o seu Mac acedeu ao disco para ler e escrever dados.

Painel Disco

A informação na parte inferior do painel Disco mostra a atividade total do disco em todos os processos.O gráfico avança da direita para a esquerda e as atualizações ocorrem a intervalos ser definidos em Visualização > Frequência de actualização. O gráfico inclui também um menu pop-up para alternar entre mostrar IO ou dados como unidade de medida. A cor azul mostra tanto o número de leituras por segundo como a quantidade de dados lidos por segundo. A cor vermelha mostra tanto o número de escritas por segundo como a quantidade de dados escritos por segundo.

Para ver um gráfico com estas informações na Dock, selecione Visualização > Ícone na Dock > Mostrar atividade do disco.

Rede

O painel Rede mostra a quantidade de dados que o seu Mac está a enviar ou a receber através da rede. Utilize estas informações para identificar quais os processos que estão a enviar ou a receber maior quantidade de dados.

Separador Rede

A informação na parte inferior do painel Rede mostra a atividade de rede total de todas as apps. O gráfico avança da direita para a esquerda e as atualizações ocorrem a intervalos definidos em Visualização > Frequência de actualização. O gráfico inclui também um menu pop-up para alternar entre mostrar pacotes ou dados como unidade de medida. A cor azul mostra tanto o número de pacotes recebidos por segundo como a quantidade de dados recebidos por segundo. A cor vermelha mostra o número de pacotes enviados por segundo ou a quantidade de dados enviados por segundo. 

Para ver um gráfico com a utilização da rede na Dock, selecione Visualização > Ícone na Dock > Mostrar utilização da rede.

Cache

No macOS High Sierra 10.13.4 ou posterior, o Monitor de atividade apresenta o painel Cache quando a Cache de conteúdo estiver ativada no painel Partilha das Preferências do Sistema. O painel Cache indica os conteúdos em cache que os dispositivos em rede enviaram, descarregaram ou eliminaram ao longo do tempo.

Utilize a informação da Pressão máxima da cache para saber se deve ajustar as definições da Cache de conteúdo para fornecer mais espaço do disco à cache. É preferível quando a pressão da cache está baixa. Saiba mais acerca da atividade da cache.

O gráfico na parte inferior indica a atividade total da cache ao longo do tempo. Selecione no menu pop-up, acima do gráfico, para alterar o intervalo: última hora, 24 horas, 7 dias ou 30 dias. 

Mais informações

  • Saiba mais sobre a tarefa de kernel e o motivo pelo qual o Monitor de atividade poderá mostrar que está a utilizar uma grande percentagem da CPU.
  • Para obter mais informações sobre o Monitor de atividade, aceda ao Monitor de atividade e selecione Ajuda > Monitor de atividade. Também pode encontrar uma pequena descrição da maior parte dos elementos na janela do Monitor de atividade passando com o ponteiro do rato por cima do elemento.
Data de publicação: