Sobre o conteúdo de segurança do macOS High Sierra 10.13.3, Atualização de Segurança 2018-001 Sierra e Atualização de Segurança 2018-001 El Capitan

Este documento descreve o conteúdo de segurança do macOS High Sierra 10.13.3, a Atualização de Segurança 2018-001 Sierra e a Atualização de Segurança 2018-001 El Capitan.

Sobre as atualizações de segurança da Apple

Para garantir a proteção dos clientes, a Apple não divulga, não discute, nem confirma problemas de segurança até que uma investigação seja conduzida e as correções ou versões estejam disponíveis. As versões recentes estão indicadas na página Atualizações de segurança da Apple.

Para obter mais informações sobre segurança, consulte a página sobre segurança de produtos Apple. É possível criptografar as comunicações com a Apple usando a Chave PGP de Segurança do Produto Apple.

Os documentos de segurança da Apple mencionam vulnerabilidades por meio do ID de CVE quando possível.

macOS High Sierra 10.13.3, Atualização de Segurança 2018-001 Sierra e Atualização de Segurança 2018-001 El Capitan

Lançado em 23 de janeiro de 2018

Áudio

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2 e macOS Sierra 10.12.6

Impacto: processar um arquivo de áudio criado com códigos maliciosos pode causar a execução arbitrária de códigos

Descrição: um problema de memória corrompida foi resolvido por meio de melhorias na validação de entradas.

CVE-2018-4094: Mingi Cho, MinSik Shin, Seoyoung Kim, Yeongho Lee e Taekyoung Kwon do Information Security Lab, Yonsei University

curl

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: diversos problemas no curl

Descrição: havia um problema de leitura fora dos limites no curl. Esse problema foi solucionado por meio de melhorias na verificação de limites.

CVE-2017-8817: encontrado por OSS-Fuzz

EFI

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2, macOS Sierra 10.12.6 e OS X El Capitan 10.11.6

Descrição: vários estouros de buffer no kernel no Intel Manageability Engine Firmware 11.0/11.5/11.6/11.7/11.10/11.20 permitiam que um invasor tivesse acesso local ao sistema para executar códigos arbitrários. 

CVE-2017- 5705: Mark Ermolov e Maxim Goryachy da Positive Technologies

Entrada adicionada em 30 de janeiro de 2018

EFI

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2, macOS Sierra 10.12.6 e OS X El Capitan 10.11.6

Descrição: vários escalonamentos de privilégio no kernel no Intel Manageability Engine Firmware 11.0/11.5/11.6/11.7/11.10/11.20 permitiam que um processo não autorizado tivesse acesso a conteúdo com privilégios por meio de vetor não especificado.

CVE-2017- 5708: Mark Ermolov e Maxim Goryachy da Positive Technologies

Entrada adicionada em 30 de janeiro de 2018

IOHIDFamily

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2, macOS Sierra 10.12.6 e OS X El Capitan 10.11.6

Impacto: um aplicativo pode executar códigos arbitrários com privilégios de kernel

Descrição: um problema de memória corrompida foi resolvido por meio de melhorias no processamento da memória.

CVE-2018-4098: Siguza

Kernel

Disponível para: macOS Sierra 10.12.6 e OS X El Capitan 10.11.6

Impacto: um aplicativo pode ler a memória do kernel (Meltdown)

Descrição: os sistemas com microprocessadores que utilizam execução especulativa e predição de ramo indireta podem permitir a divulgação não autorizada de informações para um invasor com acesso de usuário local por meio de uma análise de canal lateral do cache de dados.

CVE-2017-5754: Jann Horn do Google Project Zero, Moritz Lipp da Graz University of Technology, Michael Schwarz da Graz University of Technology, Daniel Gruss da Graz University of Technology, Thomas Prescher do Cyberus Technology GmbH, Werner Haas do Cyberus Technology GmbH, Stefan Mangard da Graz University of Technology, Paul Kocher, Daniel Genkin da University of Pennsylvania e University of Maryland, Yuval Yarom da University of Adelaide e Data61, e Mike Hamburg da Rambus (Divisão de pesquisa de criptografia)

Kernel

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: um aplicativo pode conseguir ler a memória restrita

Descrição: um problema de inicialização de memória foi resolvido por meio de melhorias no processamento da memória.

CVE-2018-4090: Jann Horn do Google Project Zero

Kernel

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: um aplicativo pode conseguir ler a memória restrita

Descrição: uma condição de corrida foi resolvida por meio de melhorias no processamento da memória.

CVE-2018-4092: Stefan Esser da Antid0te UG

Entrada atualizada em 8 de fevereiro de 2018

Kernel

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2, macOS Sierra 10.12.6 e OS X El Capitan 10.11.6

Impacto: um aplicativo malicioso pode executar códigos arbitrários com privilégios de kernel

Descrição: um problema de memória corrompida foi resolvido por meio de melhorias na validação de entradas.

CVE-2018-4082: Russ Cox do Google

Kernel

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2 e macOS Sierra 10.12.6

Impacto: um aplicativo pode executar códigos arbitrários com privilégios de kernel

Descrição: um problema de lógica foi resolvido por meio de melhorias na validação.

CVE-2018-4097: Resecurity, Inc.

Kernel

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: um aplicativo pode conseguir ler a memória restrita

Descrição: um problema de validação foi resolvido por meio de melhorias na limpeza de entradas.

CVE-2018-4093: Jann Horn do Google Project Zero

Kernel

Disponível para: OS X El Capitan 10.11.6, macOS Sierra 10.12.6 e macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: um aplicativo pode executar códigos arbitrários com privilégios de kernel

Descrição: um problema de memória corrompida foi resolvido por meio de melhorias no processamento da memória.

CVE-2018-4189: pesquisador anônimo

Entrada adicionada em 2 de maio de 2018

Kernel

Disponível para: OS X El Capitan 10.11.6, macOS Sierra 10.12.6 e macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: um aplicativo pode executar códigos arbitrários com privilégios de kernel

Descrição: um problema de leitura fora dos limites foi resolvido por meio de melhorias na validação de entradas.

CVE-2018-4169: pesquisador anônimo

Entrada adicionada em 2 de maio de 2018

LinkPresentation

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2 e macOS Sierra 10.12.6.2

Impacto: processar uma mensagem de texto criada com códigos maliciosos pode causar uma negação de serviço no aplicativo

Descrição: o problema de esgotamento de recursos foi resolvido por meio de melhorias na validação de entradas.

CVE-2018-4100: Abraham Masri (@cheesecakeufo)

QuartzCore

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2, macOS Sierra 10.12.6 e OS X El Capitan 10.11.6

Impacto: processar conteúdo da web criado com códigos maliciosos pode causar a execução arbitrária de códigos

Descrição: havia um problema de memória corrompida no processamento de conteúdo da Internet. Esse problema foi resolvido por meio de melhorias na validação de entradas.

CVE-2018-4085: Ret2 Systems Inc. em parceria com a Zero Day Initiative da Trend Micro

Gerenciamento remoto

Disponível para: macOS Sierra 10.12.6

Impacto: um usuário remoto pode obter privilégios raiz

Descrição: havia um problema de permissões no gerenciamento remoto. Esse problema foi resolvido por meio de melhorias na validação de permissões.

CVE-2018-4298: Tim van der Werff da SupCloud

Entrada adicionada em 19 de julho de 2018

Área restrita

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: um processo em área restrita pode contornar restrições dessa área

Descrição: um problema de acesso foi resolvido adicionando outras restrições à área restrita.

CVE-2018-4091: Alex Gaynor da Mozilla

Segurança

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2 e macOS Sierra 10.12.6

Impacto: um certificado pode ter algumas limitações de nomes aplicados incorretamente

Descrição: havia um problema de avaliação de certificado no processamento de limitações de nomes. Esse problema foi resolvido por meio de melhorias na avaliação da confiança de certificados.

CVE-2018-4086: Ian Haken da Netflix

Segurança

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: um invasor pode conseguir passar pela autenticação do administrador sem fornecer a senha do administrador

Descrição: havia um erro de lógica na validação de credenciais. Esse problema foi resolvido por meio de melhorias na validação de credenciais.

CVE-2017-13889: Glenn G. Bruckno, P.E. da Automation Engineering, James Barnes, Kevin Manca do Computer Engineering Politecnico di Milano, Rene Malenfant da University of New Brunswick

Entrada adicionada em 21 de junho de 2018

Compatibilidade com a Touch Bar

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2 e macOS Sierra 10.12.6

Impacto: um aplicativo malicioso pode executar códigos arbitrários com privilégios de sistema

Descrição: um problema de memória corrompida foi resolvido por meio de melhorias no gerenciamento de estados.

CVE-2018-4083: Ian Beer do Google Project Zero

Entrada adicionada em 9 de fevereiro de 2018

WebKit

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: processar conteúdo da web criado com códigos maliciosos pode causar a execução arbitrária de códigos

Descrição: vários problemas de memória corrompida foram resolvidos por meio de melhorias no processamento da memória.

CVE-2018-4088: Jeonghoon Shin da Theori

CVE-2018-4089: Ivan Fratric do Google Project Zero

CVE-2018-4096: encontrado por OSS-Fuzz

WebKit

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: processar conteúdo da web criado com códigos maliciosos pode causar a execução arbitrária de códigos

Descrição: vários problemas de memória corrompida foram resolvidos por meio de melhorias no processamento da memória.

CVE-2018-4147: encontrado por OSS-Fuzz

Entrada adicionada em 18 de outubro de 2018

Carregamento de página do WebKit

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2

Impacto: processar conteúdo da web criado com códigos maliciosos pode causar a execução arbitrária de códigos

Descrição: vários problemas de memória corrompida foram resolvidos por meio de melhorias no processamento da memória.

CVE-2017-7830: Jun Kokatsu (@shhnjk)

Entrada adicionada em 18 de outubro de 2018

Wi-Fi

Disponível para: macOS High Sierra 10.13.2, macOS Sierra 10.12.6 e OS X El Capitan 10.11.6

Impacto: um aplicativo pode conseguir ler a memória restrita

Descrição: um problema de validação foi resolvido por meio de melhorias na limpeza de entradas.

CVE-2018-4084: Hyung Sup Lee do Minionz, You Chan Lee da Hanyang University

As informações sobre produtos não fabricados pela Apple, ou sites independentes não controlados nem testados pela Apple, são fornecidas sem recomendação ou endosso. A Apple não assume responsabilidade alguma com relação à escolha, ao desempenho ou ao uso de sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a confiabilidade de sites de terceiros. Os riscos são inerentes ao uso da internet. Entre em contato com o fornecedor para obter mais informações. Nomes de outras empresas e produtos podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários.

Data da publicação: