Verificar problemas de Wi-Fi usando o Mac

O Mac pode analisar conexões Wi-Fi para alguns problemas e recomendar soluções.

Verificar recomendações sobre Wi-Fi

Quando o Mac com macOS Sierra tenta se conectar a uma rede Wi-Fi, ele verifica se há problemas que afetam sua capacidade de criar uma conexão rápida, estável e segura. Se o Mac detectar um problema, o menu de status de Wi-Fi na barra de menus exibirá um novo item: Recomendações sobre Wi-Fi. Selecione-o para ver as soluções recomendadas:

Analisar o ambiente sem fio

O Mac pode usar o Diagnóstico da rede sem fio para executar uma análise adicional. 

  1. Encerre todos os apps que estiverem abertos e conecte-se à rede Wi-Fi se possível.
  2. Mantenha a tecla Option pressionada e selecione Abrir Diagnóstico da rede sem fio no menu de status de Wi-Fi .
  3. Digite o nome e a senha de administrador quando solicitado.

O Diagnóstico da rede sem fio começará a analisar o ambiente sem fio:

Se o problema for intermitente, você poderá optar por monitorar a conexão Wi-Fi:


Quando você estiver pronto para ver as recomendações, prossiga para o resumo. O Diagnóstico da rede sem fio solicita informações opcionais sobre a estação base ou outro roteador para que possa incluir no relatório e salvar no Mac.

Clique no botão de informações ao lado de cada item no resumo para ver detalhes. As melhores práticas de Wi-Fi são dicas que se aplicam a quase todas as redes Wi-Fi.


Faça backup ou anote os ajustes de sua rede ou roteador antes de alterá-los com base nessas recomendações, pois talvez você precise usá-los novamente.

Monitorar a conexão Wi-Fi

O Mac pode monitorar a conexão Wi-Fi quanto a problemas intermitentes, como conexões perdidas. Siga as etapas para analisar o ambiente sem fio, mas selecione "Monitorar a minha conexão Wi-Fi" quando solicitado.

Durante o processo, será exibida uma janela informando que o monitoramento está acontecendo. O monitoramento continuará ativo desde que essa janela esteja aberta e você esteja na mesma rede Wi-Fi, inclusive quando o Mac estiver em repouso.

Se o Diagnóstico da rede sem fio encontrar um problema, ele fará uma pausa no monitoramento e mostrará uma descrição breve. Você pode retomar o monitoramento ou prosseguir para o resumo e ver detalhes e recomendações.

Criar um relatório de diagnóstico

O Diagnóstico da rede sem fio salva automaticamente um relatório do diagnóstico antes de exibir o resumo. Para gerar o mesmo relatório a qualquer momento, mantenha pressionada a tecla Option e selecione Criar Relatório de Diagnóstico no menu de status de Wi-Fi . O Mac pode levar alguns minutos para criar o relatório.

  • O macOS Sierra salva o relatório na pasta /var/tmp do disco de inicialização e, em seguida, abre essa pasta para você.
    Para abrir a pasta manualmente, selecione Ir > Ir para a Pasta na barra de menus do Finder e digite /var/tmp.
  • O OS X El Capitan ou anterior salva o relatório na área de trabalho.

O relatório é um arquivo compactado que começa com o nome “WirelessDiagnostics”. Ele contém vários arquivos que descrevem o ambiente sem fio em detalhes. Um especialista em redes pode usá-los em uma análise aprofundada.

Usar outros utilitários de diagnóstico

O Diagnóstico da rede sem fio inclui utilitários adicionais para especialistas em redes. Abra-os no menu Janela na barra de menus do Diagnóstico da rede sem fio: 

  • Informações inclui os principais detalhes sobre as conexões de rede atuais.

  • Registros permite a coleta de registros em segundo plano para Wi-Fi e outros componentes do sistema. O resultado é salvo em um arquivo .log no local de relatório de diagnóstico do Mac. A coleta de registros continua mesmo quando você encerra o app ou reinicia o Mac, por isso lembre-se de desativar essa opção quando terminar.

  • Digitalização localiza roteadores Wi-Fi no ambiente e coleta os principais detalhes sobre eles.

  • Desempenho usa gráficos em tempo real para mostrar o desempenho da conexão Wi-Fi:
    • Taxa mostra a taxa de transferência ao longo do tempo em megabits por segundo.
    • Qualidade mostra a relação sinal e ruído ao longo do tempo. Se a qualidade estiver baixa demais, o dispositivo será desconectado do roteador Wi-Fi. Fatores que afetam a qualidade incluem a distância entre o dispositivo e o roteador, bem como objetos, por exemplo, paredes, que bloqueiam o sinal do roteador. 
    • Sinal mostra medições de sinal (RSSI) e ruído ao longo do tempo. RSSI deve ser alto, e ruído, baixo; quanto maior a distância entre RSSI e ruído, melhor. 
  • Detector captura o tráfego da conexão Wi-Fi, o que pode ser útil ao diagnosticar um problema reproduzível. Selecione um canal e uma largura e clique em Começar para iniciar a captura de tráfego. Ao clicar em Parar, um arquivo .wcap é salvo no local de relatório de diagnóstico no Mac.

  • Monitor é semelhante ao utilitário Desempenho, mas exibe uma janela menor com um gráfico mostrando medições de sinal (RSSI) e ruído ao longo do tempo e outro mostrando a taxa de transferência ao longo do tempo.

Saiba mais

Recomendações adicionais para atingir o melhor desempenho do Wi-Fi:

  • Mantenha o roteador atualizado. Para AirPort Time Capsule, AirPort Extreme ou AirPort Express Base Station, verifique o firmware mais recente usando o Utilitário AirPort. Para roteadores que não são da Apple, consulte o site do fabricante. 
  • Configure o roteador usando os ajustes recomendados pela Apple e verifique se todos os roteadores Wi-Fi na mesma rede estão usando ajustes semelhantes.
  • Se você estiver usando um roteador Wi-Fi dual-band, as duas bandas deverão usar o mesmo nome de rede.
Data da publicação: