Acerca da faturação e compras na Europa

Na Europa, quando efetua uma compra na iTunes Store ou na App Store, poderá ser-lhe pedido para verificar o seu cartão de crédito ou de débito junto do emissor do cartão.

iPhone a apresentar uma mensagem que indica que a autenticação é necessária. A legislação europeia exige que os bancos autentiquem determinadas transações.

Acerca da realização de compras na Europa

Quando efetua uma compra na App Store, na iTunes Store ou noutro serviço multimédia da Apple, ou quando compra armazenamento do iCloud, poderá ser-lhe pedido para autenticar o seu cartão de crédito ou de débito junto do emissor do cartão. Em alternativa, quando adicionar um novo método de pagamento, poderá ter de autenticá-lo. Se isto ocorrer, siga as instruções no ecrã.

Se não for possível concluir as instruções no ecrã fornecidas pelo emissor do cartão, contacte o mesmo. Se estiver a utilizar um dispositivo que não tem um navegador de Internet, como uma Apple TV ou um Apple Watch, ser-lhe-á pedido para utilizar outro dispositivo para confirmar o seu método de pagamento.

Se tiver vários métodos de pagamento registados, incluindo um método de pagamento que não exige a autenticação no momento da compra, a Apple tentará cobrar o método que proporciona a experiência mais segura e simples.

Na Europa, as compras são faturadas da mesma forma que no resto do mundo, mas as compras podem não ser agrupadas na mesma conta. Cada compra que efetuar é imediatamente cobrada no método de pagamento.

Utilizar o Apple Pay na Europa

Pode utilizar o Apple Pay no iPhone, iPad ou iPod touch. Quando compra um elemento na App Store, na iTunes Store ou noutro serviço multimédia da Apple, pode pagar com qualquer cartão elegível que esteja na Wallet no dispositivo que está a utilizar. Saiba como configurar um cartão na Wallet

Se configurar mais do que um cartão na Wallet, selecione o cartão que pretende utilizar no momento da compra. Basta tocar no cartão que é apresentado por predefinição e selecionar outro. 

Países e regiões que são afetados

Áustria

Bélgica

Bulgária

Croácia

República Checa

Chipre

Dinamarca

Estónia

Finlândia

França

Alemanha

Grécia

Hungria

Islândia

Irlanda

Itália

Letónia

Listenstaine

Lituânia

Luxemburgo

Malta

Países Baixos

Noruega

Polónia

Portugal

Roménia

Eslováquia

Eslovénia

Espanha

Suécia

Reino Unido

Data de publicação: