Acerca dos conteúdos de segurança do Safari 6.1.5 e do Safari 7.0.5

Este documento descreve os conteúdos de segurança do Safari 6.1.5 e do Safari 7.0.5.

Esta atualização pode ser descarregada e instalada através da Actualização de software ou do site do Suporte Apple.

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação completa e não estiverem disponíveis as correções ou versões necessárias. Para obter mais informações sobre a Segurança dos produtos da Apple, consulte o site Segurança dos produtos da Apple.

Para obter informações sobre a chave PGP de segurança dos produtos da Apple, consulte o artigo Como utilizar a chave PGP de segurança dos produtos da Apple.

Sempre que possível, são utilizadas ID CVE para designar as vulnerabilidades e disponibilizar mais informações.

Para obter mais informações sobre outras atualizações de segurança, consulte o artigo Atualizações de segurança da Apple.

Safari 6.1.5 e Safari 7.0.5

  • WebKit

    Disponível para: OS X Lion v10.7.5, OS X Lion Server v10.7.5, OS X Mountain Lion v10.8.5, OS X Mavericks v10.9.3

    Impacto: visitar um site criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existiam vários problemas de corrupção de memória no WebKit. Estes problemas foram resolvidos através de um melhor processamento da memória.

    ID CVE

    CVE-2014-1325: Apple

    CVE-2014-1340: Apple

    CVE-2014-1362: Apple, miaubiz

    CVE-2014-1363: Apple

    CVE-2014-1364: Apple

    CVE-2014-1365: Apple, equipa de segurança do Google Chrome

    CVE-2014-1366: Apple

    CVE-2014-1367: Apple

    CVE-2014-1368: Wushi da Keen Team (Equipa de investigação da Keen Cloud Tech)

    CVE-2014-1382: Renata Hodovan da University of Szeged/Samsung Electronics

  • WebKit

    Disponível para: OS X Lion v10.7.5, OS X Lion Server v10.7.5, OS X Mountain Lion v10.8.5, OS X Mavericks v10.9.3

    Impacto: arrastar um URL de um site criado com intuito malicioso para outra janela poderia levar à divulgação dos conteúdos dos ficheiros locais

    Descrição: arrastar um URL de um site criado com intuito malicioso para outra janela poderia permitir que o site malicioso acedesse a file:// URL. Este problema foi resolvido através da melhoria da validação dos recursos arrastados.

    ID CVE

    CVE-2014-1369: Aaron Sigel de vtty.com

  • WebKit

    Disponível para: OS X Lion v10.7.5, OS X Lion Server v10.7.5, OS X Mountain Lion v10.8.5, OS X Mavericks v10.9.3

    Impacto: um site criado com intuito malicioso poderá conseguir falsificar o nome de domínio na barra de endereços

    Descrição: existia um problema de falsificação no processamento de URL. Este problema foi resolvido através da melhoria da cifragem de URL.

    ID CVE

    CVE-2014-1345: Erling Ellingsen do Facebook

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: