Acerca dos conteúdos de segurança do OS X Lion v10.7.4 e da Atualização de segurança 2012-002

Este documento descreve os conteúdos de segurança do OS X Lion v10.7.4 e da Atualização de segurança 2012-002.

O OS X Lion v10.7.4 e a Atualização de segurança 2012-002 podem ser descarregados e instalados através das preferências da Actualização de software ou a partir das Descargas da Apple.

Para proteção dos nossos clientes, a Apple não divulga, comenta nem confirma problemas de segurança enquanto não for efetuada uma investigação completa e não estiverem disponíveis as correções ou versões necessárias. Para obter mais informações sobre a segurança dos produtos da Apple, consulte o site Segurança dos produtos da Apple.

Para obter informações sobre a chave PGP de segurança dos produtos da Apple, consulte o artigo "Como utilizar a chave PGP de segurança dos produtos da Apple".

Sempre que possível, são utilizadas ID CVE para designar as vulnerabilidades e disponibilizar mais informações.

Para obter mais informações sobre outras atualizações de segurança, consulte o artigo "Atualizações de segurança da Apple".
 

OS X Lion v10.7.4 e Atualização de segurança 2012-002

  • Janela de acesso

    Disponível para: OS X Lion v10.7.3, OS X Lion Server v10.7.3

    Impacto: administradores remotos e pessoas com acesso físico ao sistema poderão obter informações de contas

    Descrição: existia um problema no processamento dos inícios de sessão de contas na rede. O processo de início de sessão registou informações confidenciais no registo do sistema, onde outros utilizadores do sistema poderiam lê-las. As informações confidenciais poderão permanecer em registos guardados após a instalação desta atualização. Este problema afeta apenas os sistemas com o OS X Lion v10.7.3 com utilizadores do FileVault antigo e/ou de diretórios em rede. Consulte o artigo http://support.apple.com/kb/TS4272?viewlocale=pt_PT para obter mais informações sobre como remover registos existentes em segurança.

    ID CVE

    CVE-2012-0652: Terry Reeves e Tim Winningham da Universidade do Estado de Ohio, Markus "Jaroneko" Räty da Academia Finlandesa de Belas-Artes, Jaakko Pero da Universidade Aalto, Mark Cohen da Universidade do Estado de Oregon, Paul Nelson

  • Bluetooth

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: um utilizador local poderá conseguir executar código arbitrário com privilégios do sistema

    Descrição: existia um problema de condição race em ficheiros temporários no procedimento de inicialização do blued.

    ID CVE

    CVE-2012-0649: Aaron Sigel da vtty.com

  • curl

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: um atacante poderá conseguir decifrar dados protegidos por SSL

    Descrição: ocorriam ataques à confidencialidade do SSL 3.0 e TLS 1.0 enquanto uma cipher suite utilizava uma cifra de bloqueio em modo CBC. O curl desativou a medida de prevenção "empty fragment" que impedia estes ataques. Este problema é resolvido através da ativação da medida de prevenção "empty fragment".

    ID CVE

    CVE-2011-3389: Apple

  • curl

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: a utilização do curl ou do libcurl com um URL criado com intuito malicioso poderá provocar ataques de injeção de dados específicos de protocolos

    Descrição: existia um problema de injeção de dados no processamento dos URL por parte do curl. Este problema é resolvido através da melhoria da validação de URL. Este problema não afeta os sistemas anteriores ao OS X Lion.

    ID CVE

    CVE-2012-0036

  • Serviço de diretório

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8

    Impacto: um atacante remoto poderá obter informações confidenciais

    Descrição: existiam vários problemas no processamento de mensagens do servidor de diretórios a partir da rede. Através do envio de uma mensagem criada com intuito malicioso, um atacante remoto poderia fazer com que o servidor de diretórios divulgasse memória a partir do respetivo espaço de endereços, podendo revelar credenciais de contas ou outras informações confidenciais. Este problema não afeta os sistemas OS X Lion. O Servidor de diretórios é desativado por predefinição em instalações que não sejam de servidor do OS X.

    ID CVE

    CVE-2012-0651: Agustin Azubel

  • HFS

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: a montagem de uma imagem de disco criada com intuito malicioso poderá provocar o encerramento do sistema ou a execução de um código arbitrário

    Descrição: existia um problema de excesso de números inteiros no processamento de ficheiros do catálogo HFS.

    ID CVE

    CVE-2012-0642: pod2g

  • ImageIO

    Disponível para: Mac OS X v10.6.8, Mac OS X Server v10.6.8

    Impacto: visualizar um ficheiro TIFF criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo de memória intermédia no processamento de ficheiros TIFF com codificação CCITT Group 4 por parte do ImageIO. Este problema não afeta os sistemas OS X Lion.

    ID CVE

    CVE-2011-0241: Cyril CATTIAUX da Tessi Technologies

  • ImageIO

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8

    Impacto: várias vulnerabilidades no libpng

    Descrição: o libpng foi atualizado para a versão 1.5.5 para corrigir várias vulnerabilidades, a mais grave das quais poderá provocar a divulgação de informações. Pode obter mais informações no site do libpng em http://www.libpng.org/pub/png/libpng.html

    ID CVE

    CVE-2011-2692

    CVE-2011-3328

  • ImageIO

    Disponível para: Mac OS X v10.6.8, Mac OS X Server v10.6.8

    Impacto: visualizar um ficheiro TIFF criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo de memória intermédia no processamento de imagens TIFF com codificação ThunderScan por parte do libtiff. Este problema é resolvido através da atualização do libtiff para a versão 3.9.5.

    ID CVE

    CVE-2011-1167

  • Kernel

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: ao utilizar o FileVault, o disco poderá conter dados de utilizadores não cifrados

    Descrição: um problema no processamento da imagem de pausa utilizada para hibernação por parte do kernel deixou alguns dados não cifrados no disco, mesmo com o FileVault ativado. Este problema é resolvido através da melhoria do processamento da imagem de pausa e pela substituição da imagem de pausa existente ao proceder à atualização para o OS X v10.7.4. Este problema não afeta sistemas anteriores ao OS X Lion.

    ID CVE

    CVE-2011-3212: Felix Groebert da equipa de segurança da Google

  • libarchive

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: extrair um arquivo criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existiam vários problemas de ultrapassagem do limite máximo de memória intermédia no processamento dos arquivos tar e dos ficheiros iso9660.

    ID CVE

    CVE-2011-1777

    CVE-2011-1778

  • libsecurity

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: a verificação de um certificado X.509 criado com intuito malicioso como, por exemplo, ao visitar um site criado com intuito malicioso, poderá provocar o encerramento inesperado de uma aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: ocorria um problema de acesso à memória não inicializada no processamento de certificados X.509.

    ID CVE

    CVE-2012-0654: Dirk-Willem van Gulik da WebWeaving.org, Guilherme Prado do Conselho da Justiça Federal, Ryan Sleevi da Google

  • libsecurity

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: o suporte para certificados X.509 com chaves RSA de comprimento inseguro poderá expor utilizadores a infiltração e à divulgação de informações

    Descrição: certificados assinados através de chaves RSA com comprimentos de chave inseguros foram aceites pelo libsecurity. Este problema é resolvido através da rejeição de certificados que contenham chaves RSA inferiores a 1024 bits.

    ID CVE

    CVE-2012-0655

  • libxml

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: visualizar uma página web criada com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado de aplicações ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existiam várias vulnerabilidades no libxml, a mais grave das quais poderá provocar o encerramento inesperado de uma aplicação ou uma execução de código arbitrário. Estes problemas são resolvidos através da aplicação das correções de envio relevantes.

    ID CVE

    CVE-2011-1944: Chris Evans da equipa de segurança do Google Chrome

    CVE-2011-2821: Yang Dingning da NCNIPC, Graduate University of Chinese Academy of Sciences

    CVE-2011-2834: Yang Dingning da NCNIPC, Graduate University of Chinese Academy of Sciences

    CVE-2011-3919: Jüri Aedla

  • LoginUIFramework

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: se o utilizador convidado estiver ativo, um utilizador com acesso físico ao computador poderá conseguir iniciar sessão na conta de um utilizador que não o utilizador convidado, sem introduzir uma palavra-passe

    Descrição: existia uma condição race no processamento de inícios de sessão de utilizadores convidados. Este problema não afeta os sistemas anteriores ao OS X Lion.

    ID CVE

    CVE-2012-0656: Francisco Gómez (espectalll123)

  • PHP

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: várias vulnerabilidades no PHP

    Descrição: o PHP é atualizado para a versão 5.3.10 com vista a corrigir várias vulnerabilidades, a mais grave das quais poderá provocar a execução de código arbitrário. Estão disponíveis mais informações no site do PHP em http://www.php.net/.

    ID CVE

    CVE-2011-4566

    CVE-2011-4885

    CVE-2012-0830

  • Quartz Composer

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: um utilizador com acesso físico ao computador poderá conseguir fazer com que o Safari seja iniciado se o ecrã estiver bloqueado e a proteção de ecrã do Visualizador de RSS for utilizada

    Descrição: existia um problema de controlo de acesso no processamento de proteções de ecrã por parte do Quartz Composer. Este problema é resolvido através da melhoria da verificação do bloqueio do ecrã.

    ID CVE

    CVE-2012-0657: Aaron Sigel da vtty.com

  • QuickTime

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: visualizar um ficheiro de vídeo criado com intuito malicioso durante uma descarga progressiva poderá provocar o encerramento inesperado de uma aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo de memória intermédia no processamento das tabelas de amostras de áudio.

    ID CVE

    CVE-2012-0658: Luigi Auriemma em colaboração com o programa Zero Day Initiative da HP

  • QuickTime

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: visualizar um ficheiro MPEG criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução arbitrária de código

    Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo de números inteiros no processamento de ficheiros MPEG.

    ID CVE

    CVE-2012-0659: um investigador anónimo em colaboração com o programa Zero Day Initiative da HP

  • QuickTime

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: visualizar um ficheiro MPEG criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução arbitrária de código

    Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo de memória intermédia no processamento de ficheiros MPEG.

    ID CVE

    CVE-2012-0660: Justin Kim da Microsoft e do programa Pesquisa de vulnerabilidades da Microsoft

  • QuickTime

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: visualizar um ficheiro de filme criado com intuito malicioso poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existia um problema de "utilização após libertação de memória" no processamento de ficheiros de filme codificados em JPEG2000. Este problema não afeta os sistemas anteriores ao OS X Lion.

    ID CVE

    CVE-2012-0661: Damian Put em colaboração com o programa Zero Day Initiative da HP

  • Ruby

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: várias vulnerabilidades no Ruby

    Descrição: o Ruby é atualizado para a versão 1.8.7-p357 para resolver várias vulnerabilidades.

    ID CVE

    CVE-2011-1004

    CVE-2011-1005

    CVE-2011-4815

  • Samba

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8

    Impacto: se a partilha de ficheiros SMB estiver ativada, um atacante remoto não autenticado poderá provocar a recusa de serviço ou a execução de código arbitrário com privilégios de sistema

    Descrição: existiam vários problemas de ultrapassagem do limite máximo de memória intermédia no processamento de chamadas de procedimento remotas por parte do Samba. Ao enviar um pacote criado com intuito malicioso, um atacante remoto não autenticado poderia provocar a recusa de serviço ou a execução de código arbitrário com privilégios de sistema. Estes problemas não afetam os sistemas OS X Lion.

    ID CVE

    CVE-2012-0870: Andy Davis da NGS Secure

    CVE-2012-1182: um investigador anónimo em colaboração com o programa Zero Day Initiative da HP

  • Estrutura de segurança

    Disponível para: Mac OS X 10.6.8, Mac OS X Server 10.6.8, OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: um atacante remoto poderá provocar o encerramento inesperado da aplicação ou a execução de código arbitrário

    Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo de números inteiros na estrutura de segurança. O processamento de entradas não fidedignas com a estrutura de segurança poderia resultar na corrupção de memória. Este problema não afeta processos de 32 bits.

    ID CVE

    CVE-2012-0662: aazubel em colaboração com o programa Zero Day Initiative da HP

  • Time Machine

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: um atacante remoto poderá aceder às credenciais de cópia de segurança do Time Machine de um utilizador

    Descrição: o utilizador poderá designar um volume Time Capsule ou AFP remoto associado a uma estação-base AirPort como destino das cópias de segurança do Time Machine. Desde a Atualização 7.6 de firmware da estação-base AirPort e do Time Capsule que os dispositivos Time Capsule e as estações-base suportam um mecanismo de autenticação baseado em SRP seguro através de AFP. No entanto, o Time Machine não requeria que o mecanismo de autenticação baseado em SRP fosse utilizado para operações de cópia de segurança subsequentes, mesmo que o Time Machine tivesse sido inicialmente configurado ou tivesse contactado um Time Capsule ou uma estação-base que o suportasse. Um atacante capaz de se infiltrar no volume remoto poderia aceder às credenciais do Time Capsule do utilizador enviadas pelo sistema deste, mas não a dados de cópias de segurança. Este problema foi resolvido através da obrigatoriedade de utilização do mecanismo de autenticação baseado em SRP, caso o destino de cópia de segurança o tenha suportado.

    ID CVE

    CVE-2012-0675: Renaud Deraison da Tenable Network Security, Inc.

  • X11

    Disponível para: OS X Lion v10.7 até v10.7.3, OS X Lion Server v10.7 até v10.7.3

    Impacto: as aplicações que utilizam o libXfont para processar dados comprimidos em LZW poderão ser vulneráveis ao encerramento inesperado de uma aplicação ou a uma execução de código arbitrário

    Descrição: existia um problema de ultrapassagem do limite máximo de memória intermédia no processamento de dados comprimidos em LZW por parte do libXfont. Este problema é resolvido através da atualização do libXfont para a versão 1.4.4.

    ID CVE

    CVE-2011-2895: Tomas Hoger da Red Hat
     

Nota: para além disso, esta atualização filtra variáveis dinâmicas de ambiente do elemento de ligação a partir de uma lista personalizada de propriedades do ambiente no diretório pessoal do utilizador, se existir.

As informações sobre os produtos não fabricados pela Apple ou os sites independentes não controlados ou testados pela Apple são disponibilizadas sem recomendações nem aprovação. A Apple não assume qualquer responsabilidade no que diz respeito à seleção, ao desempenho ou à utilização dos sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a fiabilidade dos sites de terceiros. Existem riscos inerentes à utilização da Internet. Contacte o fornecedor para obter informações adicionais. Outros nomes de empresas e de produtos podem ser marcas comerciais dos respetivos proprietários.

Data de publicação: