Capturar um rastreio de pacotes utilizando o Terminal no Mac

Se souber ler um rastreio de pacotes, pode considerar esta funcionalidade útil no diagnóstico de problemas com as ligações à rede.

Obter o nome do dispositivo BSD da interface de rede

  1. Inicie sessão no seu Mac com uma conta de administrador.
  2. Enquanto mantém premida a tecla Opção, selecione o menu Apple () > Informação do sistema (ou Configuração de sistema).
  3. Selecione Rede a partir da lista no lado esquerdo da janela Informação do sistema. 
  4. Selecione a interface de rede (como Wi-Fi ou Ethernet) a partir da lista de serviços ativos no lado direito da janela.
  5. Na secção de detalhes, na parte inferior da janela, procure Nome do dispositivo BSD. No exemplo ilustrado, o nome do dispositivo BSD para Wi-Fi é en0.

Janela Informação do sistema

Capturar o rastreio de pacotes

  1. Abra o Terminal, que se encontra na pasta Utilitários da sua pasta Aplicações.
  2. Introduza o seguinte comando, mas substitua nomeBSD pelo nome do dispositivo BSD (como en0, en1 ou ppp0) da Informação do sistema: 

    sudo tcpdump -i nomeBSD -s 0 -B 524288 -w ~/Desktop/DumpFile01.pcap

  3. Prima Enter e, em seguida, introduza a sua palavra-passe de administrador quando esta for solicitada.
  4. O Terminal deverá exibir a mensagem tcpdump: listening on… para indicar que está a seguir a atividade na interface daquela rede.
  5. Enquanto o Terminal estiver aberto, execute a função de rede que pretende testar.
  6. Quando a função de rede estiver completa, volte ao Terminal e prima Controlo+C para capturar o rastreio de pacotes. O Terminal guarda-o na sua secretária num ficheiro denominado "DumpFile01.pcap". 
  7. Para visualizar os conteúdos do ficheiro, utilize este comando no Terminal:

    tcpdump -s 0 -n -e -x -vvv -r ~/Desktop/DumpFile01.pcap

  8. Para capturar o rastreio de pacotes adicionais, altere o comando do Terminal para incrementar o número do ficheiro guardado (como DumpFile02.pcap e DumpFile03.pcap).

Saiba mais

O site Apple Developer fornece mais informações acerca dos rastreios de pacotes. Quando estiver a resolver problemas com uma ligação à rede, deve saber qual o modelo do computador, a versão do macOS, o endereço IP (e o endereço IP de destino), bem como o endereço MAC (Media Access Control). Deve também compreender o papel do seu computador na atividade da rede, assim como o momento em que ocorreu cada evento de rede associado ao problema.

Quando estiver a resolver problemas de ligação entre a estação-base AirPort e um modem de banda larga, reinicie a estação-base e capture as suas interações com o Fornecedor de serviços Internet enquanto esta arranca. Pode reiniciar a estação-base através do Utilitário AirPort ou desligando-a da corrente por breves instantes. Enquanto estiver a efetuar o teste, recomendamos que a estação-base, o modem e o computador de captura estejam ligados a um hub Ethernet, e não a um comutador. Deve também atribuir manualmente o endereço IP do computador de captura para que este não ocupe a concessão DHCP que a estação-base requer (um endereço 169.254.x.x deve ser suficiente).

O rastreio de pacotes poderá indicar que o checksum TCP de pacotes enviados pelo Mac é inválido. Esta situação ocorre porque o rastreio de pacotes está a ser capturado na camada de ligação da pilha de rede, que se encontra imediatamente antes do adaptador de rede físico, onde os checksums são gerados. Não existe qualquer problema em ignorar esta mensagem.

Data de publicação: