Sugestões para manusear com segurança anexos de e-mail e conteúdo descarregado da Internet

Saiba como manusear com segurança anexos de e-mail e descargas da Internet.

Sugestões para abrir aplicações com segurança

Tenha sempre cuidado ao abrir (por exemplo, ao fazer duplo clique) ficheiros que vêm de alguém que não conhece ou dos quais não estava à espera. Isto inclui anexos de e-mail, transferências de ficheiros de mensagens instantâneas e outros ficheiros que possa ter descarregado da Internet. Sempre que efetuar descargas de fontes que não tenham a sua confiança, deverá tomar precauções adicionais. Um ficheiro descarregado pode ter um nome ou ícone que aparente ser de um documento ou ficheiro multimédia (como um PDF, MP3 ou JPEG), quando na verdade é uma aplicação maliciosa. Uma aplicação maliciosa disfarçada desta maneira é conhecida como "Cavalo de Troia".

Os seguintes tópicos podem ajudar a manusear com segurança anexos de e-mail e descargas de ficheiros da Internet.

Identificar aplicações disfarçadas de documentos

Se não tem a certeza acerca de um ficheiro em particular, pode utilizar o Finder para verificar se um ficheiro é mesmo uma aplicação. Depois de selecionar um ficheiro na secretária ou na janela Finder, pode utilizar o comando Informações (Comando+I) para ver o "tipo" de ficheiro. Com a vista em colunas no Finder, esta informação é automaticamente apresentada para o ficheiro selecionado. Se estiver à espera de um documento, mas o Tipo é diferente do esperado, deverá evitar abrir o ficheiro. Não faça duplo clique no respetivo ícone, não utilize o comando para abrir no Finder (Comando+O) nem tente abrir o ficheiro de qualquer outra forma.

Se não tem a certeza de qual deve ser o Tipo de um documento em particular, pode compará-lo com documentos que já tenha e que sejam do mesmo tipo. Pode também ser possível abrir a aplicação diretamente e criar e guardar um novo documento desse tipo. Utilize as Informações para apresentar o Tipo dos documentos existentes e compare-os com o Tipo do documento que recebeu ou descarregou

Por exemplo, os seguintes Tipos são documentos:

  • Documento de texto formatado (RTF)
  • Documento de texto simples
  • Imagem JPEG
  • Documento PDF
  • Ficheiro M4A
  • Ficheiro M4P
  • Ficheiro de áudio MP3
  • Ficheiro de filme

Existe um número de Tipos que identificam aplicações. Tenha cuidado se o anexo de e-mail ou ficheiro descarregado tiver um Tipo que inclua a palavra "Aplicação" ou que seja suspeito. A lista que se segue é uma lista de outros tipos de aplicações com as quais também é preciso ter cuidado:

  • Ficheiro executável Unix
  • Script
  • Terminal
  • TerminalShellScript
  • Documento Jar Launcher

Se instalou software de terceiros, consulte a documentação para verificar se os ficheiros contêm macros, linguagem de script ou códigos executáveis. Se tiverem, esse Tipo de ficheiros deve ser manuseado com cuidado.

Validação de descargas

O Mac OS X 10.4 Tiger inclui a validação de descargas. Várias aplicações da Apple utilizam esta funcionalidade para proporcionar verificação adicional para conteúdos obtidos a partir de uma rede. Se abrir um anexo no Mail e este for uma aplicação em vez de um documento, a validação de descargas do Mac OS X irá avisá-lo acerca de um tipo de ficheiro não seguro e deverá cancelar se tiver quaisquer dúvidas acerca do ficheiro. Se guardar um anexo ou o arrastar para uma pasta, utilize o Finder para o inspecionar, conforme descrito acima. Se estava à espera de um documento, mas o Finder indica que recebeu uma aplicação, não abra o ficheiro. Apague-o imediatamente.

Se navegar para um ficheiro descarregável com o Safari (por exemplo, ao clicar numa ligação de descarga), a validação de descargas do Mac OS X irá avisá-lo sobre tipos de ficheiros não seguros e deverá cancelar a descarga se tiver quaisquer dúvidas acerca do ficheiro. Se descarregar um ficheiro utilizando Comando+clique ou selecionando Descarregar ficheiro a partir de um menu contextual, o ficheiro não será inspecionado pela validação de descargas do Mac OS X e não será aberto automaticamente. Deverá inspecionar o ficheiro descarregado com o Finder, conforme descrito acima. Se estava à espera de um documento e o Finder indica que é uma aplicação, não abra o ficheiro. Apague-o imediatamente.

Quarentena de ficheiros

O Mac OS X 10.5 Leopard e posterior melhora a validação de descargas ao proporcionar a quarentena de ficheiros. O Mac OS X 10.5 lembra-se quais os conteúdos que obteve através de uma rede. A primeira vez que abrir um ficheiro potencialmente perigoso no Finder, no Spotlight ou a partir da Dock, a funcionalidade de quarentena de ficheiros irá avisá-lo sobre os tipos de ficheiros perigosos. Deverá cancelar se tiver quaisquer dúvidas acerca do ficheiro.

Distinguir aplicações legitimas de aplicações maliciosas

O principal indicador é o local de origem do ficheiro. Descarregue e instale aplicações apenas de fontes fidedignas, tais como fabricantes de aplicações conhecidos, revendedores autorizados ou outros distribuidores conhecidos. Também é aconselhável que utilize software antivírus para analisar quaisquer ficheiros antes da respetiva instalação. Pode encontrar uma seleção de produtos de terceiros noGuia de Produtos Macintosh.

Data de publicação: