Xsan: Sistema não inicializa ou volume não é identificado após etiquetar LUNs no administrador Xsan

Em sistemas com OS X Mountain Lion 10.8.4 e versões anteriores, determinados volumes HFS+ em volumes lógicos CoreStorage podem aparecer no administrador Xsan como LUNs disponíveis.

Se esses volumes forem etiquetados para uso com o Xsan, os seguintes sintomas poderão ocorrer:

  • O volume poderá não ser identificado.
  • O sistema poderá não inicializar a partir do volume, mas exibir uma tela cinza persistente com sinal de proibição.
  • O Utilitário de Disco poderá ser incapaz de reparar o volume.

Se esses sintomas ocorrerem em computadores que não estão usando Xsan, siga as instruções para solucionar problemas de uma tela cinza durante a inicialização.

Use o Utilitário de Disco para tentar reparar o disco. Se o Utilitário de Disco não conseguir resolver o problema, considere apagar o disco e restaurá-lo a partir de um backup ou procure um serviço de recuperação de dados. Caso contrário, confirme se o Mac afetado atende às seguintes condições. Continue apenas se todas as condições forem atendidas.

  • O Mac é parte de um Xsan.
  • O Mac está usando OS X Lion ou Mountain Lion.
  • O volume HFS+ não utilizável ocupa um volume lógico CoreStorage inteiro sem partição. Esses modelos sem partição estão presentes em Macs que usam Fusion Drive, FileVault 2 ou um disco rígido interno maior que 2 TB.

1. Inicie o Mac do Sistema de Recuperação ou inicialize no Modo de disco de destino enquanto estiver conectado a outro Mac que esteja usando a mesma versão do OS X ou uma versão posterior.

2. Se o volume afetado estiver criptografado com FileVault 2, use o Utilitário de Disco para desbloquear o volume. Depois de desbloquear o volume, você poderá ver uma mensagem de que o disco é ilegível. Clique em Ignorar para descartar a mensagem.

3. Abra o Terminal e use o comando diskutil cs list para identificar o nó do dispositivo do volume lógico CoreStorage afetado. No exemplo de saída mostrado abaixo, o dispositivo de disco do volume lógico é "disk5". Seu dispositivo pode ter um nome diferente.

$ diskutil cs list
CoreStorage logical volume groups (1 found)
|
+-- Logical Volume Group CE63F9AE-1241-4372-BE28-0543EAAC5967
    =========================================================
    Name:         HFSOnCoreStorage
    Status:       Online
    Size:         1099167653888 B (1.1 TB)
    Free Space:   16777216 B (16.8 MB)
    |
    +-< Physical Volume 11E37F95-37CF-4002-B3CC-60706A559B72
    |   ----------------------------------------------------
    |   Index:    0
    |   Disk:     disk4s2
    |   Status:   Online
    |   Size:     1099167653888 B (1.1 TB)
    |
    +-> Logical Volume Family 7F955B62-BCE2-44EF-BB59-168082B9C59F
        ----------------------------------------------------------
        Encryption Status:       Unlocked
        Encryption Type:         None
        Conversion Status:       NoConversion
        Conversion Direction:    -none-
        Has Encrypted Extents:   No
        Fully Secure:            No
        Passphrase Required:     No
        |
        +-> Logical Volume C55F17C9-BF52-4497-A6EC-D46819AB201B
            ---------------------------------------------------
            Disk:               disk5
            Status:             Online
            Size (Total):       1098832105472 B (1.1 TB)
            Size (Converted):   -none-
            Revertible:         Yes (no decryption required)
            LV Name:            HFSOnCoreStorage
            Volume Name:        HFSOnCoreStorage
            Content Hint:       Apple_HFS


4. Use o comando diskutil list para visualizar informações básicas sobre o dispositivo de disco que você identificou. Volumes lógicos CoreStorage que não são afetados por esse problema devem ter o tipo de partição "Apple_HFS" única, como mostrado aqui:

$ diskutil list disk5
/dev/disk5
   #:                       TYPE NAME                    SIZE       IDENTIFIER
   0:                  Apple_HFS HFSOnCoreStorage       *1.1 TB     disk5


Volumes lógicos CoreStorage etiquetados como administrador Xsan têm uma partição "FDisk_partition_scheme", como mostrado aqui. Se você não vir "FDisk_partition_scheme", seu disco não está afetado por esse problema.

$ diskutil list disk5
/dev/disk5
   #:                       TYPE NAME                    SIZE       IDENTIFIER
   0:     FDisk_partition_scheme                        *1.1 TB     disk5
   1:                       0xEE                         1.1 TB     disk5s1


5. Use o utilitário de linha de comando dd para escrever zeros sobre os primeiros 1024 bytes do disco afetado (substitua diskN pelo dispositivo de disco que você identificou). Não execute esse comando se você não souber qual dispositivo de disco usar ou se ele estiver afetado por esse problema.

/bin/dd if=/dev/zero bs=1024 count=1 of=/dev/diskN


6. Use o utilitário de linha de comando fsck_hfs para tentar reparar o volume (substitua diskN pelo dispositivo de disco que você identificou):

/sbin/fsck_hfs -fy /dev/diskN


7. Reconfigure o registro cronológico a ser armazenado internamente (substitua diskN pelo dispositivo de disco que você identificou):

/usr/sbin/diskutil moveJournal internal diskN


8. Termine com uma das seguintes etapas, conforme apropriado:

  • Se você inicializou usando o Sistema de Recuperação, tente reiniciar normalmente.
  • Se você inicializou no modo de disco de destino, tente reiniciar após desmontar todos os discos externos que estavam montados no modo de disco de destino.
  • Independentemente de como você inicializou, tente aumentar o volume afetado usando o Utilitário de Disco ou o seguinte comando (substitua diskN pelo dispositivo de disco que você identificou):
/usr/sbin/diskutil mount diskN

Como evitar esse problema ao etiquetar LUNs

Atualize a versão do OS X em todos os sistemas Xsan para, no mínimo, a versão do OS X Mountain Lion 10.8.5. Os sistemas com essa versão ou posterior não exibirão volumes CoreStorage como LUNs disponíveis no administrador Xsan.

Para versões anteriores do OS X, etiquete LUNs durante a configuração do SAN selecionando a opção de etiquetar LUNs individuais manualmente:

Em seguida, selecione a LUN a ser etiquetada e clique no botão Detalhes da LUN. Insira uma etiqueta de LUN somente se a LUN atender às seguintes condições:

  • WWN é qualquer valor diferente de "desconhecido".
  • Inquiry String é qualquer conjunto RAID do Fibre Channel conhecido (como a LUN Promise VTrak mostrada no exemplo abaixo).

Se você usar o painel LUNs do administrador Xsan para etiquetar suas LUNs, primeiro inspecione a LUN para determinar se é apropriado etiquetá-la. Crie uma etiqueta somente se o Connection Type (Tipo de Conexão) mostrado no inspetor for "Fibre Channel Interface":

Saiba mais

LUNs que foram particionadas com a Tabela de Partição GUID, Mapa de Partição Apple ou Registro de Inicialização Principal não são afetadas por esse problema. Discos particionados são invisíveis no painel LUNs do administrador Xsan e não podem ser etiquetados com o administrador Xsan. 

Administradores Xsan avançados:

  • Você pode etiquetar qualquer disco usando a linha de comando cvlabel, mesmo se o disco não estiver visível no administrador Xsan.
  • Você não pode usar as etapas deste artigo para reparar um volume HFS+ ou um disco particionado não CoreStorage que tenha sido etiquetado incorretamente com o cvlabel.
Data da publicação: