Placa RAID para Mac Pro ou Placa Xserve RAID: o volume pode não estar disponível depois de um desligamento ou reinicialização inadequados

  

Depois de um desligamento ou reinicialização inadequados:

  • Sistemas com uma placa RAID para Mac Pro ou Placa Xserve RAID podem iniciar com um ponto de interrogação piscando. Também é possível que os volumes RAID não estejam disponíveis. O utilitário RAID pode mostrar que os volumes, conjuntos RAID e discos estão todos viáveis ou bons.
  • Um Xserve configurado com o Mac OS X Server instalado em um SSD pode ser inicializado, mas os volumes RAID configurados na placa RAID podem não ser disponibilizados.

Esses sintomas podem ocorrer se o mapeamento de LUN tiver sido danificado e precisar ser criado novamente.

Faça a inicialização a partir de outra mídia e colete informações

  1. Faça a inicialização a partir de outra mídia inicializável, por exemplo um DVD de instalação, disco FireWire ou unidade USB ou a partir do SSD interno com Xserve (início de 2009).
  2. Abra a Visão do Sistema e selecione a visualização "RAID de hardware" na barra lateral esquerda.
  3. Verifique se o estado de todos os volumes, do conjunto RAID e dos drives é informado como "viável" ou "bom".
  4. Na visualização "RAID de hardware", vá para Hardware Dispositivo RAID > Placa RAID Xserve (ou Mac Pro) > Volumes.

    Analise as informações fornecidas para cada volume. Se um volume não tiver um atributo "Nome BSD" correspondente, siga as instruções abaixo para resolver o problema. Exemplo de relatório da Visão do Sistema

    A seguir, temos um exemplo de um relatório da Visão do Sistema que mostra um volume afetado (R2V1) e um volume não afetado (R3V1). Em sistemas com vários volumes, pode ser que nem todos sejam afetados.

    R2V1:

      Capacidade:    299,8 GB (299.798.364.160 bytes)
      Tamanho do comando de leitura:    2 MB
      Margem de pré-leitura:    16 MB
      Conjunto RAID    RS1
      Status:
      Degradado:    Não
      Iniciado:    Sim
      Em transição:    Não
      Viável:    Sim
     
    R3V1:

      Nome BSD:    disk2
      Capacidade:    299,8 GB (299.798.364.160 bytes)
      Tamanho do comando de leitura:    2 MB
      Margem de pré-leitura:    16 MB
      Conjunto RAID    RS2
      Status:
      Degradado:    Não
      Iniciado:    Sim
      Em transição:    Não
      Viável:    Sim

Resolução do problema

Nota: esse processo pode ser usado em volumes RAID inicializáveis com Mac OS X v10.5.x, 10.6.x ou OS X Lion. O sistema operacional não será atualizado no volume RAID afetado.

Para o Xserve (início de 2009) que veio configurado com um SSD

  1. Atualize o software do servidor instalado no SSD para o Mac OS X Server v10.6.7 ou posterior. Se o Lion Server estiver instalado, atualize-o para a versão mais recente.
  2. Reinicie o Xserve.
  3. Espere até que os volumes RAID sejam instalados. Isso pode demorar alguns minutos.
  4. Após a instalação dos volumes, reinicie o Xserve a partir do volume de inicialização normal. Dessa forma, o servidor terá a oportunidade de iniciar com os volumes RAID disponíveis no momento da inicialização.
  5. Abra o utilitário RAID.
  6. Em "Controlador", clique em "Status". O painel Eventos da janela do utilitário RAID deve conter uma entrada para cada volume cujo mapeamento de LUN foi criado novamente.

Para Mac Pro, Xserve (final de 2006), Xserve (início de 2008) e Xserve (início de 2009) sem SSD

  1. Instale o Mac OS X v10.6.x ou OS X Lion (Server ou cliente) em um disco externo USB ou FireWire. Use o Mac OS X Server v10.6 para servidores ou o Mac OS X v10.6 para clientes.
  2. Se estiver usando o Mac OS X v10.6, atualize para o Mac OS X v10.6.7 (Server ou cliente) ou posterior. Se o OS X Lion (Server ou cliente) estiver instalado, atualize para a versão atual do Lion.
  3. Inicie o sistema afetado a partir do disco externo.
  4. Espere até que os volumes RAID sejam instalados. Isso pode demorar alguns minutos.
  5. Reinicie o sistema a partir do volume de inicialização normal.
  6. Abra o utilitário RAID.
  7. Em "Controlador", clique em "Status". O painel Eventos da janela do utilitário RAID deve conter uma entrada para cada volume cujo mapeamento de LUN foi criado novamente.

Saiba mais

É preferível que esse procedimento seja realizado com os discos instalados no computador em que normalmente residem. No entanto, é possível transferir os drives para outro computador de configuração similar e realizar esse procedimento nos volumes RAID.

Nesse caso, tome cuidado.

Notas

  1. Identifique todos os discos com o número do compartimento em que residem para que eles possam ser reinstalados na mesma ordem.
  2. Conjuntos RAID configurados no Mac Pro (início de 2009) ou Mac Pro (meados de 2010) não serão reconhecidos no Mac Pro (original) ou Mac Pro (início de 2008).
  3. Conjuntos RAID configurados em Xserve (início de 2009) não serão reconhecidos no Xserve (final de 2006) ou Xserve (início de 2008).
  4. Os módulos de unidades Apple de um Xserve (final de 2006) ou Xserve (início de 2008) só devem ser movidos para outro Xserve (final de 2006) ou Xserve (início de 2008). Se eles forem inseridos em um Xserve (início de 2009), deixarão de ser reconhecidos pela Placa RAID Xserve do Xserve (final de 2006) ou Xserve (início de 2008) em que foram instalados originalmente. Mover as unidades ou módulos de unidades Apple para o Mac Pro (início de 2009), Mac Pro (meados de 2010) ou Xserve iniciará uma migração de hardware nas unidades.
  5. Se outro Mac Pro for usado para reparar o volume RAID, é necessário que ele tenha uma Placa RAID instalada.
  6. Se outro Xserve for usado para reparar o volume RAID, é necessário que ele tenha uma Placa RAID Xserve instalada.
  7. Se o volume RAID em reparo tiver sido configurado em um Mac Pro (original) ou Mac Pro (início de 2008), o Mac Pro usado para reparar o volume RAID só pode ser de um desses dois modelos.
  8. Se o volume RAID em reparo tiver sido configurado em um Mac Pro (início de 2009) ou Mac Pro (meados de 2010), o Mac Pro usado para reparar o volume RAID só pode ser de um desses dois modelos.
  9. Se o volume RAID em reparo tiver sido configurado em um Xserve (final de 2006) ou Xserve (início de 2008), o Xserve usado para reparar o volume RAID só pode ser de um desses dois modelos.
  10. Se o volume RAID em reparo tiver sido configurado em um Xserve (início de 2009), o Xserve usado para reparar o volume RAID também deve ser do início de 2009.

As informações sobre produtos não fabricados pela Apple, ou sites independentes não controlados nem testados pela Apple, são fornecidas sem recomendação ou endosso. A Apple não assume responsabilidade alguma com relação à escolha, ao desempenho ou ao uso de sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a confiabilidade de sites de terceiros. Os riscos são inerentes ao uso da internet. Entre em contato com o fornecedor para obter mais informações. Nomes de outras empresas e produtos podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários.

Data da publicação: